Concurso Público, Destaques

Polícia Federal é autorizada a realizar concurso público para 500 vagas

concurso da Polícia Federal 2018

O ministro de Segurança Pública, Raul Jungmann, autorizou, nesta sexta-feira (20), o concurso da Polícia Federal. A publicação do Diário Oficial da União prevê 150 vagas para o cargo de delegado, 60 de perito, 80 de escrivão, 30 de papiloscopista e 180 de agente, totalizando 500 vagas.

O prazo para a publicação do edital do concurso é de até seis meses a partir de hoje. Na última quarta-feira (18), Raul Jungmann já havia sinalizado que a autorização para o concurso sairia ainda no primeiro semestre deste ano e que a Polícia Federal já estaria trabalhando na elaboração do edital.

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais, Luís Antônio Boudens, comemora a publicação da portaria, mas lembra que, em março, foi enviado um ofício ao ministro e ao diretor-geral da PF, Rogério Galloro, pedindo uma melhor distribuição das vagas para o concurso. “Pedimos que seja feita uma melhor adequação, com destaque para os cargos de escrivães, visando corrigir a distorção hoje existente”, comenta.

O edital e a escolha da banca examinadora são os próximos passos para a realização do certame. A previsão é de que as provas sejam realizadas até o final de 2018.

Requisitos para o concurso da Polícia Federal

Para delegado, os candidatos devem ter nível superior em direito. Para perito, o edital definirá em quais áreas de graduação serão aceitas as inscrições. Para escrivão e agente, quem tem nível superior em qualquer área pode se inscrever.

Restrições das eleições não devem afetar concurso

Como neste ano haverá eleições para presidente, governadores e Congresso Nacional, haverá restrição na nomeação, contratação ou admissão do servidor público federal e estadual nos três meses que antecedem o pleito, marcado para 7 de outubro, até a posse dos eleitos, ou seja, de 7 de julho a 1º de janeiro de 2019. Mas, caso a homologação do concurso (divulgação do resultado final) seja feita até três meses antes das eleições, ou seja, até 7 de julho, as nomeações podem ocorrer em qualquer período do ano.

No caso do concurso da Polícia Federal, não há restrição para divulgação do edital, apenas para as nomeações, mas como o concurso engloba várias etapas, até que os aprovados sejam contratados, a restrição não estará mais valendo.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.