Destaques, Plantão Policial

Polícia Civil incinera 53 mil bonés falsificados em São Gonçalo do Amarante

A Delegacia Especializada em Falsificações e Defraudações (DEFD) de Natal incinerou, aproximadamente, 53 mil bonés falsificados, nesta sexta-feira (16), no município de São Gonçalo do Amarante. O material incinerado é fruto de uma apreensão realizada em julho de 2015, em uma fábrica de bonés falsificados, no município de Caicó.

“Os bonés eram vendidos a R$ 9, sendo que os originais custam R$ 250 em média. Na época, o dono da fábrica respondeu um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO). A ação visou o combate à pirataria”, destacou o delegado da DEFD de Natal, Ulisses Souza.

A queima do material foi realizada em uma fábrica de cerâmica, localizada em São Gonçalo do Amarante.

Apreensão

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte apreendeu, em julho de 2015, 53 mil bonés falsificados em uma fábrica localizada às margens da BR-427, no município de Caicó, na região Seridó do Rio Grande do Norte. De acordo com a Polícia Civil, a empresa fabricava e comercializava bonés falsificados das marcas pertencentes à sociedade norte-americana: New Era Cap Company e 59FIFTY.

Após investigações da Polícia Civil, foi detectada a fraude e solicitados os mandados de busca e apreensão à Justiça. Através do departamento de combate à pirataria, a empresa identificou a fábrica que produz e comercializa, em larga escala, os bonés adulterados ostentando as referidas marcas.

A New Era e 59FIFTY é a maior fabricante de bonés do mundo, titular dos direitos relativos à propriedade das marcas, inclusive possuindo centenas de registros espalhados pelo mundo.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.