Pitangui Beach Resort deve gerar 1,4 mil empregos em Extremoz

Pitangui Beach Resort deve gerar 1,4 mil empregos em Extremoz

O GR Group anunciou o lançamento do Pitangui Beach Resort no município de Extremoz – cidade da Grande Natal, no mês de fevereiro. O estabelecimento será construído em uma área de 15,5 mil m² na praia de Graçandu, e o projeto deve gerar 1,4 mil novas vagas de emprego, diretos e indiretos, sendo 350 só na operação.

“O Pitangui é nosso projeto precursor em incorporação imobiliária no Nordeste, e ele é especial porque será construído aqui, na região de Natal, um dos mais belos e procurados destinos turísticos do País”, diz Rodolfo Rezende, vice-presidente de Marketing e Vendas do GR Group.

Com Valor Geral de Vendas (VGV) de cerca de R$ 150 milhões, o empreendimento é o primeiro projeto de incorporação imobiliária do GR Group no Nordeste, além de ser o primeiro estabelecimento greenfield de multipropriedade em Natal.

“O Pitangui Beach Resort será o primeiro empreendimento da Capital projetado e preparado para funcionar como uma verdadeira casa de férias. Ele já nasce com esse propósito”, diz o executivo do Grupo.

O que é multipropriedade?

Comum nos EUA e na Europa, o modelo de multipropriedade se caracteriza pela aquisição de uma ou mais frações de um imóvel para uso de forma compartilhada, dividindo-o, no tempo, com outros proprietários. Dentro dessa modalidade, cada comprador utiliza a sua cota de tempo para usufruir do imóvel durante determinado período do mês ou do ano, em sistema de rodízio.

Estrutura do Pitangui Beach Resort

Com 8.721 m² de área construída, o resort da GR Group será entregue com 114 apartamentos de até 74 m², divididos entre quarto, sala de estar, copa/cozinha e sacada, totalmente mobiliados e equipados com sofá-cama, microondas, frigobar, smart TV, enxoval completo, entre outros itens.

A área de lazer contará com restaurante para até 300 pessoas, duas piscinas para adulto (de 230 m² e 300 m²) e uma infantil (de 78 m²), brinquedoteca, salão de jogos e de fitness, entre outras facilidades. O Pitangui será também um resort pé na areia, com 150 metros de frente de praia e beach club. Transfer direto até o Pitangui Lagoa Park e outras atrações completarão o pacote de diferenciais do empreendimento para garantir a diversão de proprietários e hóspedes.

No local onde o Pitangui será construído, já foi montada uma sala para comercialização de frações imobiliárias. As obras do resort estão previstas para começar nos próximos meses, com entrega em 2023.

Com informações da brasilturis*

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

%d blogueiros gostam disto: