polícia-federal
Foto: Divulgação

(ANSA) – A Polícia Federal prendeu em São Paulo, nesta quinta-feira (11), dois suspeitos de ligação com terrorismo, em mais uma etapa da Operação Hashtag. Os agentes cumpriram cinco mandados de busca e apreensão, e três de condução coercitiva (quando o suspeito é levado para depor obrigatoriamente e depois é liberado).

“A iniciativa do governo federal, por meio do trabalho integrado dos órgãos de defesa, segurança e inteligência, tem o objetivo de garantir a segurança dos Jogos Olímpicos e o bem-estar dos cidadãos”, disse a PF, em comunicado. Nesta etapa a Operação Hastag, todos os investigados são brasileiros. A primeira etapa foi deflagrada em 21 de julho, quando 12 pessoas foram capturadas por promoverem o grupo extremista Estado Islâmico (EI) no Brasil, através de redes sociais.

Eles foram presos com base na lei antiterrorismo, após demonstrarem intenção de promover um atentado no país em vista dos Jogos Olímpicos. Um dos detidos em julho tinha planos de adquirir um fuzil AK-47. A segurança é um dos maiores desafios dos Jogos, iniciados em 5 de agosto no Rio de Janeiro e os quais serão disputados até o próximo dia 21.

Antes das prisões, um grupo no Brasil declarou lealdade ao Estado Islâmico em postagens no Telegram, um aplicativo de mensagens similar ao WhatsApp.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.