Plantão Policial

PF apura irregularidades na aplicação de recursos do Fundeb no RN

Foto: Divulgação/PF

A Polícia Federal deflagrou na manhã desta quarta-feira (14) em Natal, a Operação Fonte Externa, que tem por objetivo apurar denúncias de irregularidades na contratação de serviços terceirizados envolvendo uma Secretaria de Estado do Rio Grande do Norte que teria se utilizado de recursos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb), do Ministério da Educação.

As irregularidades referem-se ao valor do contrato no qual teria havido sobrepreço, bem como, a dispensa indevida de licitação.

De acordo com a PF, 23 policiais cumpriram cinco mandados de busca e apreensão expedidos pela Justiça Federal nas sedes de empresas e nos endereços residenciais dos empresários envolvidos na contratação supostamente irregular.

O nome da operação é uma alusão ao termo da língua inglesa “outsourcing”, comumente utilizado para se referir à terceirização de serviços.

Sobre a empresa terceirizada

A JMT é uma empresa de terceirização e oferece mão-de-obra a diversos entes públicos da administração. De acordo com o próprio site da empresa, os serviços são prestados para a UFRN, Assembleia Legislativa, Governo do Estado, Caern, Ipem, Igarn, Arsbam, IFRN, Ceasa, Samu, Tribunal de Contas da União, Caixa, Ceasa e prefeituras do interior.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.