DestaquesEconomia

Petrobras vai reajustar combustíveis novamente, diz Abicom

Para se equiparar ao PPI (Preço em Paridade de Importação), a gasolina precisaria subir mais R$ 0,22 e o diesel R$ 0,46

Mesmo após o reajuste da Petrobras nos combustíveis, a gasolina e o diesel continuam com defasagem em relação ao preço internacional. A Associação Brasileira de Importadoras de Combustível (Abicom) informou nesta segunda-feira (20) que a gasolina tem atraso de 5% no preço e o diesel de 9%.

Na prática, isso significa que a Petrobras precisaria aumentar o preço do diesel em R$ 0,52 e da gasolina em R$ 0,22 para que os valores ficassem equilibrados com as cotações internacionais, na visão da entidade. Algo que deve ocorrer muito em breve.

Os valores foram calculados usando como referência os preços da gasolina, óleo diesel, câmbio, RVO (Obrigação de Volume Renovável) e frete marítimo no fechamento do mercado no dia 17/06/2022.

Na sexta-feira (17), a estatal anunciou aumentos nos preços da gasolina e do diesel para as distribuidoras.

Os novos valores começaram a valer no sábado (18). O litro da gasolina passou de R$ 3,86 para R$ 4,06 — aumento de 5,18%.

Já para o diesel, a elevação foi de R$ 4,91 para R$ 5,61 por litro — alta de 14,26%. O valor do GLP foi mantido.

Conta de energia

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (21) o novo reajuste das bandeiras tarifárias, que incidem na conta de luz em caso de escassez hídrica ou qualquer fator que aumente o custo de produção de eletricidade. Os aumentos irão de 3,2% a 63,7%, dependendo do tipo da bandeira.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.