DestaquesEconomia

Petrobras anuncia reajuste de 6,3% na gasolina e 6% no gás de cozinha

A Petrobras vai reajustar em R$ 0,16 o litro da gasolina e em R$ 0,10 o diesel, nas refinarias, a partir dessa terça-feira (06/07). A atualização representa um aumento de 6,3% para a gasolina, que passa a ser vendida, em média, a R$ 2,69 o litro nas refinarias; e de 3,7% para o diesel, cujo preço nas refinarias sobe para R$ 2,81 o litro.

A Petrobras ainda anunciou um novo aumento, de 6%, no preço do GLP nas refinarias. O Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), popularmente conhecido como gás de cozinha, passará de R$ 3,40 para R$ 3,60 quilo (alta de R$ 0,20). O aumento eleva o preço do botijão de 13 quilos de R$ 44,20 para R$ 46,80. Valor final que chegará ao consumidor depende das distribuidoras e revendedoras.

Este é o primeiro aumento no valor fixado pela estatal desde que o novo presidente da empresa, general Joaquim Silva e Luna, assumiu o cargo. Desde o início do ano, a gasolina acumula aumento de 46%, enquanto o diesel soma alta de 39%, e o gás de cozinha, 38%.

O reajuste ocorre em meio à valorização do petróleo no mercado internacional e às queixas de concorrentes, representados pela Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), de que a empresa estava segurando os aumentos necessários para alinhar os preços internos à paridade de importação.

E a coisa vai piorando a cada dia para o brasileiro assalariado. Recentemente, a Aneel reajustou a tarifa da “bandeira vermelha 2” em 52%.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail pessoal para contato: rafael_nica@hotmail.com

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo