Ciência

Pesquisa revela que o Facebook é responsável por mais de um terço dos divórcios

A rede social de Mark Zuckerberg veio para tentar unir as pessoas que estão distantes, através de um contato virtual, no entanto, uma pesquisa realizada por escritórios de advocacia britânicos revelou que um terço dos divórcios no Reino Unido são motivados por acusações de comportamento inadequado com base nas informações da conta do cônjuge no Facebook.

“As redes sociais proporcionam um registro permanente de nossas vidas. A troca de mensagens e imagens, muitas vezes com a localização ativa, fornece um registro das atividades que podem ser utilizadas em processos judiciais”, disse Lyn Ayrton, sócio-gerente do escritório de advocacia Lake Legal em entrevista ao Mirror.

Especialistas examinaram mais de 200 casos de divórcio e descobriram que o Facebook foi usado por equipes jurídicas como prova de infidelidade e comportamento inadequado em pouco mais de um terço dos casos. “As imagens e os comentários feitos nestas redes sociais abertas pode ser usadas como prova de relações e estilos de vida que contradizem a imagem que as pessoas tentam manter por si próprios”, disse Julian Hawkhead, sócio-gerente da Stowe Family Law.

 As informações são do Actualidad RT.

 

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.