“Perigoso” asteroide passará muito perto da Terra nesta quinta

Corpo celestial foi observado pela primeira vez em 25 de dezembro e tem um diâmetro estimado entre 7 e 15 metros

Durante o Natal, um telescópio do Observatório Mount Lemmon, da Universidade do Arizona (EUA), capturou o recentemente descoberto asteroide YZ4 pela primeira vez. Durante esta quinta-feira (28), o corpo celestial passará a uma distância potencialmente perigosa da Terra, de acordo com os parâmetros da NASA.

O asteroide, com um diâmetro estimado entre 7 e 15 metros, passará cerca de 220.000 quilômetros do nosso planeta, que é uma distância excepcionalmente curta nas dimensões do espaço, e o fará a uma velocidade de 34 km/h aproximadamente.

A Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço qualifica os asteroides como “potencialmente perigosos” se eles se aproximarem do nosso planeta na casa dos 7.403,00 quilômetros.

Foto: Pixabay

O asteroide detectado é o 52º que passará entre a Terra e a Lua neste ano. Atualmente, a Nasa não seria capaz de desviar um corpo celestial caso ele viesse de encontro com a Terra, mas poderia mitigar o impacto e tomar medidas necessárias.

Descobrir a trajetória da órbita, tamanho, forma, massa, composição e dinâmica rotacional ajudaria os especialistas a determinar a gravidade de um impacto potencial. No entanto, a chave para atenuar o dano é encontrar qualquer ameaça potencial o mais cedo possível.

“Este é o primeiro asteroide conhecido a navegar perto da Terra dentro de uma distância lunar tão pequena”, disse um porta voz da Nasa.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!