Durante o Natal, um telescópio do Observatório Mount Lemmon, da Universidade do Arizona (EUA), capturou o recentemente descoberto asteroide YZ4 pela primeira vez. Durante esta quinta-feira (28), o corpo celestial passará a uma distância potencialmente perigosa da Terra, de acordo com os parâmetros da NASA.

O asteroide, com um diâmetro estimado entre 7 e 15 metros, passará cerca de 220.000 quilômetros do nosso planeta, que é uma distância excepcionalmente curta nas dimensões do espaço, e o fará a uma velocidade de 34 km/h aproximadamente.

A Administração Nacional de Aeronáutica e Espaço qualifica os asteroides como “potencialmente perigosos” se eles se aproximarem do nosso planeta na casa dos 7.403,00 quilômetros.

Foto: Pixabay

O asteroide detectado é o 52º que passará entre a Terra e a Lua neste ano. Atualmente, a Nasa não seria capaz de desviar um corpo celestial caso ele viesse de encontro com a Terra, mas poderia mitigar o impacto e tomar medidas necessárias.

Descobrir a trajetória da órbita, tamanho, forma, massa, composição e dinâmica rotacional ajudaria os especialistas a determinar a gravidade de um impacto potencial. No entanto, a chave para atenuar o dano é encontrar qualquer ameaça potencial o mais cedo possível.

“Este é o primeiro asteroide conhecido a navegar perto da Terra dentro de uma distância lunar tão pequena”, disse um porta voz da Nasa.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.