Pela 1ª vez, China não registra caso interno de coronavírus

março 19, 2020 0 Por Romário Nicácio
Pela 1ª vez, China não registra caso interno de coronavírus

(ANSA) – Pela primeira vez desde dezembro do ano passado, a China não registrou nenhum caso de transmissão comunitária do novo coronavírus (Sars-CoV-2), anunciou a Comissão Nacional de Saúde do país nesta quinta-feira (19).

Porém, de acordo com o balanço, foram 34 novos casos confirmados nas últimas 24 horas – todos de pessoas que chegaram do exterior, no maior número das duas últimas semanas. A maior parte dessas pessoas (21) estavam na capital, Pequim.

Ainda de acordo com o relatório, foram registradas oito mortes por conta da doença Covid-19, todas na província de Hubei,local que já foi considerado o centro da epidemia. Com isso, o número total de falecimentos chegou a 3.245, com 81.154 contaminados, e há ainda 7.263 pessoas internadas em recuperação da doença.

Leia também:

Entre os estrangeiros contaminados, estão dois italianos que estavam cumprindo a quarentena obrigatória de 14 dias em Xangai.

Segundo as informações do governo, trata-se de um italiano que chegou à cidade em um voo que saiu de Amsterdã e que fez escala em Paris, e o outro saiu de Turim via Paris para a cidade.

Para frear o avanço da doença, o governo chinês instituiu uma quarentena obrigatória para todos aqueles estrangeiros que chegaram de qualquer nação. Isso para evitar que a doença se alastre novamente.

– Relaxamento da quarentena: Por conta da queda nos números de contaminação interna, o governo começou a relaxar as regras de isolamento na cidade de Wuhan, na província de Hubei. A cidade é considerada o “marco zero” da pandemia mundial.

A partir de hoje, os moradores poderão realizar algumas “atividades pessoais” até então proibidas, como sair de casa sem ter que declarar motivo. Já em outros pontos da província, em certas condições, está sendo permitido que os moradores viagem para outros pontos da China.