Natal

Parque da Cidade está no grupo das Unidades de Conservação mais visitadas do País

noticia_123563
Foto: Divulgação

O Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte está classificado no segundo grupo das Unidades de Conservação (UC´s) mais visitadas do País, com 150 a 300 mil visitas/ano. O índice é baseado num estudo divulgado pelo Instituto Semeia sobre a Situação do Uso Público nas UC’s brasileiras. O Instituto é uma organização não governamental que analisa e mapeia os modelos de UC´s, na categoria parques, disponíveis no Brasil.

Pela classificação do Instituto são cinco faixas de visitação na categoria parques, a primeira engloba as UC´s que recebem acima de 300 mil visitas/ano; a segunda de 150 a 300 mil visitas/ano – a qual esta incluso o Parque da Cidade; a terceira de 50 a 150 mil visitas; a quarta, abaixo de 50 mil visitas e a última, em que não houve visitação.

De janeiro a maio deste ano, já são 74.205 visitantes que entraram no Parque da Cidade por vários motivos. A média diária atual é de 618,38 visitantes/dia. A portaria de Cidade Nova recebeu 47.642 visitantes de janeiro a maio e a da avenida prefeito Omar O´Grady (Prudente de Morais) recebeu 26. 563 visitantes no mesmo período. Os horários de pico continuam sendo os mesmos: início da manhã e final da tarde.

Somente no mês de maio, entraram 14.602 visitantes no Parque da Cidade, sendo 8.809 pela Cidade Nova e 5.793 pela entrada da Av. prefeito Omar O´Grady e uma média diária de 471,03 visitantes. Em quatro dias da Semana do Meio Ambiente, que começou no dia 5 de junho, 3 mil pessoas visitaram o Parque da Cidade Dom Nivaldo Monte. Com esses números, a equipe técnica do PCDNM fez uma projeção anual de visitantes e chegou à expectativa de 189.663 visitantes este ano.

O PARQUE

O Parque da cidade foi idealizado com o objetivo de preservar uma das principais áreas de recarga de aquífero de Natal. Concebido pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a Unidade de Conservação foi inaugurada em junho de 2008. Com uma área de 132,36 hectares está situado na Zona de Proteção Ambiental 1 (ZPA-1), entre os bairros de Candelária e Cidade Nova. O local possui rica biodiversidade de espécies remanescentes de mata atlântica, e de animais mamíferos, répteis e pássaros.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.