Destaques, Parnamirim

Parnamirim contará com novo tratamento para úlceras venosas

O município de Parnamirim, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesad), está em fase de implementação de um novo tratamento para pacientes com úlceras varicosas (feridas de difícil cicatrização, causadas por insuficiência venosa crônica). Chamado de Escleroterapia com espuma, o tratamento começará a ser ofertado no Centro Especializado em Prevenção e Tratamento de Úlceras Crônicas (Cetuc) – primeiro do gênero no RN, localizado no bairro de Monte Castelo.

A técnica foi aprovada no início de 2017 pelo Ministério da Saúde para ser usada no Sistema Único de Saúde (SUS) para fins não estéticos. O procedimento consiste na injeção de uma substância em forma de espuma (polidocanol) nas veias doentes, fechando-as e resolvendo de vez o problema.

Antes dessa incorporação, a cirurgia era o único tratamento disponível na rede pública para varizes calibrosas, o que demanda internação, afastamento do trabalho e equipe cirúrgica.

O médico Daniel Marinho, Cirurgião Vascular, explica que entre as vantagens da Escleroterapia com espuma está a de se realizar um número maior de procedimentos para tratamento das varizes no mesmo tempo que se gastaria para realizar uma cirurgia dessa finalidade. O centro conta atualmente com 700 pacientes cadastrados, e destes, 80% são para tratamento de úlceras varicosas.

“Desta forma, um número maior de pacientes pode ser atendido em um mesmo intervalo de tempo de uma cirurgia. Como há uma grande incidência dessa doença na população, há uma fila de espera por atendimento e tratamento que poderá ser reduzida”, explicou.

O especialista explica que Parnamirim é o primeiro município do RN a ofertar o serviço em um centro de atendimento especializado. “Desde 2017, quando foi regulamentado, o procedimento tem sido implementado apenas em centros de ensino e pesquisa”, destacou.

Ubirani Tavares, coordenador do centro, explica que algumas questões contratuais estão sendo finalizadas para que o procedimento comece e ser ofertado, mas que a dinâmica de atendimento já está definida. O atendimento se dará com encaminhamento da Unidade Básica de Saúde (UBS). No Cetuc, haverá uma triagem para certificar a necessidade do paciente de passar pelo procedimento.

Inaugurado em dezembro de 2018, o Cetuc já atendeu até agora uma média de 450 pacientes por mês, totalizando 2.300 pacientes atendidos desde a inauguração. “O serviço é de excelência e pioneiro”, destacou Ubirani.

Segundo a secretária de Saúde, Elizabeth Carrasco, “o novo tratamento só vem a somar à qualidade e excelência disponibilizada no atendimento do Cetuc. Com o centro, os pacientes não precisam mais peregrinar em busca de atendimento para tratar as feridas crônicas. Aqui temos qualidade, técnica e humanização no serviço”, disse.

Causas e prevenção

Entre os principais fatores que podem causar as úlceras, estão: a predisposição genética, o estilo de trabalho, no caso de indivíduos que passam muito tempo sentados ou em pé, o sobrepeso e a questão hormonal, sendo as mulheres as mais acometidas, nesse caso. O controle do peso, as atividades físicas, evitar permanecer na mesma posição por muito tempo e bons hábitos alimentares são alguns dos modos de prevenção.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.