Para sobreviver “Raça humana terá que sair da Terra”, diz Stephen Hawking

Em entrevista ao jornal espanhol El País, o físico britânico Stephen Hawking afirmou que a sobrevivência da raça humana “vai depender da capacidade de encontrarmos novos lugares do Universo”. A entrevista foi publicada na sexta-feira (25).

“O risco de que um desastre destrua a Terra é cada vez maior. Então, eu gostaria de despertar o interesse do público pelos voos espaciais . Eu aprendi a não olhar para o futuro distante e a me concentrar no presente. Ainda há muito mais coisas que eu quero fazer”, concluiu o cientista ao ser perguntado sobre o destino da raça humana.

Leia também: NASA planeja habitar Vênus através de cidades flutuantes

Ao ser questionado sobre o que seriam as coisas que gostaria de fazer, disse: “Viajar ao espaço com a Virgin Galactic (empresa de turismo espacial)”. O cientista está em Tenerife, nas Ilhas Canárias, para o festival científico Starmus.

Ao ser questionado se era possível ser um bom cientista e acreditar em Deus, afirmou: “Uso a palavra Deus para um sentido impessoal, assim como fazia Einstein, para me referir às leis da natureza”, disse. O jornalista então pergunta se ele acredita que algum dia as pessoas irão abandonar a religião e Deus para explicar o Universo. “As leis da ciência bastam para explicar a origem do Universo. Não é necessário invocar a Deus”, concluiu.

Quando foi questionado sobre os perigos de uma visita extraterrestre, Hawking disse: “Se os extraterrestres nos visitarem, o resultado será muito parecido com o que aconteceu quando Colombo desembarcou na América: não foi uma coisa boa para os nativos americanos. Esses extraterrestres avançados poderiam virar nômades, e tentar conquistar e colonizar todos os planetas aos quais conseguissem chegar. Para meu cérebro matemático, de números puros, pensar em vida extraterrestre é algo muito racional. O verdadeiro desafio é descobrir como esses extraterrestres podem ser”

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!