Para restabelecer relações diplomáticas, Barack Obama convida Dilma Rousseff para uma visita oficial aos EUA

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, voltou a convidar a presidente do Brasil, Dilma Rousseff, para uma visita oficial a Washington. Segundo a Reuters, o convite é uma forma de avanço diplomático de ambas as partes e espera-se que possa levar a um aumento do comércio entre as duas economias.

Dilma planejava fazer uma visita oficial aos EUA em outubro de 2013, mas a viagem foi cancelada após o anuncio de que a Agência Nacional de Segurança dos EUA (NSA) estava espionando comunicações pessoais, incluindo a presidente do Brasil.

No entanto, depois de mais de um ano de esforços de ambos os lados para restabelecer as relações, o vice-presidente dos EUA, Joe Biden, emitiu outro convite para Dilma Rousseff em uma ligação telefônica em março passado, relata a Reuters. Biden ofereceu à presidente brasileira optar por fazer uma visita oficial em 2016, ou fazer uma viagem menos formal ainda este ano, revela a agência citando fontes sob condição de anonimato.

Enquanto isso, Dilma disse que está interessada em deixar para trás a história da NSA e pretende reagendar a sua visita. A presidente expressou a esperança de que o futuro evento possa levar a uma relação mais estreita no domínio da defesa entre os dois países, incluindo a transferência de tecnologia para ajudar diversas empresas brasileiras. Dilma também afirmou ter muito interesse em melhorar o acesso da carne brasileira ao mercado dos EUA.

 As informações são do Actualidad RT.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!