Papa Francisco mostra disponibilidade para discutir unificação da Páscoa com ortodoxos

(ANSA) – O papa Francisco confirmou nesta sexta-feira (12) a disponibilidade do Vaticano de discutir uma data unificada para a celebração da Páscoa dos católicos e dos ortodoxos. A declaração foi dada durante uma visita do Pontífice a um retiro de sacerdotes em Roma. Atualmente, o dia da ressurreição de Cristo é celebrado com uma semana de diferença entre as duas igrejas, que usam calendários diferentes.

Em ambos os casos, a Páscoa acontece no primeiro domingo após a primeira lua cheia depois do equinócio de primavera no Hemisfério Norte – e de outono no Sul -, quando o dia e a noite têm a mesma duração.
No caso católico, o equinócio cai sempre em 21 de março, mas os ortodoxos ainda usam o calendário juliano, fazendo com que a data seja celebrada em um dia diferente.

Durante o retiro de sacerdotes, Jorge Bergoglio também contou uma piada sobre o assunto: “Um católico e um ortodoxo se encontram e se perguntam: ‘O seu Cristo ressuscitou?’. O outro responde: ‘O meu renasce só no domingo que vem'”. (ANSA)

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!