Papa doa vacinas para imunizar 1,2 mil pobres na Itália

Papa doa vacinas para imunizar 1,2 mil pobres na Itália

Papa doa vacinas para imunizar 1,2 mil pobres na Itália

Romário Nicácio março 26, 2021 Mundo

(ANSA) – A Esmolaria do Vaticano doou nesta sexta-feira (26), a pedido do papa Francisco, doses de vacina anti-Covid da Pfizer/BioNTech para o Instituto Lazzaro Spallanzi, hospital referência do combate à doença, com o objetivo de imunizar 1,2 mil pessoas pobres e marginalizadas da Itália.

Conforme comunicado, a doação tem como objetivo imunizar pessoas “que, por conta de sua condição, são as mais expostas” ao coronavírus Sars-CoV-2. Além disso, o órgão que cuida dos pobres ainda lançou uma campanha para arrecadar doações de fiéis para arrecadar imunizantes.

Através do site da Esmolaria (www.elemosineria.va), será possível doar dinheiro para a compra de mais doses da vacina para os mais necessitados de duas formas: através de depósito bancário ou por doação através de cartão de crédito – em valores que variam entre 10 euros e 2 mil euros.

O Vaticano iniciou sua campanha de vacinação contra a Covid-19 em janeiro e, após imunizar os Papas – Francisco e o emérito Bento XVI -, a Cúria e demais funcionários da Santa Sé, a Igreja começou também a vacinar os sem-teto ajudados pela Esmolaria e que ficam na área próxima à Praça São Pedro.

Jorge Mario Bergoglio é uma das maiores vozes para uma distribuição justa e igual das vacinas no mundo, especialmente para os mais pobres.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos