AtualidadeCuriosidadesNewsletter

Os Simpsons previram o surto do novo coronavírus?

Fãs da série estão de olho em um capítulo do ano de 1993, que trata de um vírus da Ásia semelhante ao coronavírus, que chega à cidade americana de Spriengfield.

A série animada ‘Os Simpsons‘ é conhecida por ter feito profecias incríveis que, com o tempo, “se tornaram realidade”. Pelo menos é o que muitos de seus seguidores acreditam.

Agora, antes do alerta global causado pelo surto de um novo coronavírus na China, os fãs de ‘Os Simpsons’ alegam ter encontrado uma ‘previsão’ desse evento em um capítulo lançado em 1993.

Este é o episódio 21 da quarta temporada da série, intitulado ‘Marge in Chains’ (‘Marge acorrentada’). Trata-se de um vírus da Ásia, semelhante à gripe, que, através de um serviço de encomendas, chega à cidade americana de Spriengfield, onde vive a família Simpson, e se espalha rapidamente entre a população.

https://www.youtube.com/watch?time_continue=3&v=hqCVB0tOSVQ&feature=emb_title

Embora na série a doença venha do Japão, isso não impediu que os internautas associassem o capítulo ao surto do novo coronavírus na China, e eles já o qualificaram como uma nova profecia da série animada.

https://twitter.com/meggitt95/status/1219381236738789378

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.