Operação da Polícia Federal investiga fraudes previdenciárias no RN

Cerca de 20 policiais estão cumprindo 4 mandados de busca e apreensão

A Polícia Federal deflagrou nesta quarta-feira (17), na capital potiguar, a Operação Anjo Mau*, que visa combater uma organização criminosa suspeita de fraudar vínculos trabalhistas, bem como, apurar a suposta participação de servidores do INSS, os quais teriam atribuído a terceiros a falsa condição de segurado, com a consequente obtenção de benefícios previdenciários fraudulentos.

Cerca de 20 policiais estão cumprindo 4 mandados de busca e apreensão, expedidos pela Justiça Federal/RN, em endereços residenciais e na Agência da Previdência Social, do bairro Nazaré – zona oeste de Natal.

A investigação que resultou nesta operação foi fruto de um trabalho em parceria realizado pela Polícia Federal, Ministério Público Federal e a Representação da Inteligência Previdenciária – REINP.

O nome da operação faz referência ao significado (acrescido de adjetivo) do prenome de origem grega de um dos implicados na trama criminosa.

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!