Provavelmente você já deve ter ouvido de muita gente a seguinte frase: “é mais fácil ser atingido por um raio do que ganhar na Loteria”. Mas será que isso é verdade? Especialistas em probabilidade e meteorologia liberam as estatísticas desses fenômenos para resolver uma das dúvidas mais questionadas de nossa sociedade.

Estamos a poucos dias de distância da Mega da Virada, e a maioria das pessoas decidem comprar vários números para ver se desta vez a sorte sorri para elas. No entanto, há céticos que preferem manter seu dinheiro guardadinho porque acreditam que ganhar na loteria é algo bem, mas bem difícil. Será que eles estão certos?

É muito provável que você seja atingido por raios (e até duas vezes)

Um estudo da NASA indica que um em cada 3 raios que acabam atingindo à terra, afetam o mesmo lugar e ao mesmo tempo. Na verdade, o raio (1753, Benjamin Franklin) atrai outros raios para o mesmo ponto para conduzir essas descargas e não chegar às pessoas ou animais na área. Um exemplo disso é o relógio do Empire State Building (EUA) que recebe 25 feixes por ano.

Foto: Reprodução / Youtube

De acordo com a Organização Meteorológica Mundial (OMM) todos os dias há 44.000 tempestades na Terra e 8 milhões de raios são gerados, então existe uma alta probabilidade de que um raio acabe caindo em um ponto em que já havia caído antes.

A partir desse estudo, os especialistas em estatística afirmaram que a probabilidade de você ser atingido por um raio é de 1 a 3 milhões: algo que parece ser bem mais provável de acontecer, tendo em vista que a Caixa Econômica Federal já divulgou que a probabilidade de você ser afetado pela bolada da Mega Sena da Virada é de 1 em 50 milhões.

Independente da resposta, continue fazendo a sua fezinha. Vai que dá certo dessa vez, não é mesmo?

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.