Nuvem de poeira do Saara que chega ao Caribe causa alerta, diz OMM

Nuvem de poeira do Saara que chega ao Caribe causa alerta, diz OMM

Nuvem de poeira do Saara que chega ao Caribe causa alerta, diz OMM

Romário Nicácio junho 27, 2020 Destaques

A Organização Meteorológica Mundial, OMM, fez um alerta sobre “uma enorme pluma saariana que cobre muitas partes do Caribe.”

A nuvem de poeira chegou do norte da África ao Caribe Oriental, em 17 de junho. Desde então, afetou uma ampla área, desde a costa norte da América do Sul até o oeste da Península de Yucatán, no México.

Consequências

O fenômeno ocorre todos os anos, mas desta vez é particularmente intenso. A tempestade de poeira escureceu o céu, contaminou a água da chuva e reduziu bastante a visibilidade. Também representa um risco significativo para a saúde.

A chefe da Divisão de Pesquisa em Meio Ambiente da OMM, Oksana Tarasova, disse que essas tempestades “são perigos graves que podem afetar o clima, o meio ambiente, a saúde, as economias, o transporte e a agricultura em muitas partes do mundo.”

Segundo ela, a crise “mostra a importância dos serviços de previsão e alerta.” O Sistema de Assessoria e Avaliação de Alerta de Tempestade de Areia e Poeira da OMM monitora estes fenômenos e produz alertas para todo o mundo, a fim de reduzir os impactos no meio ambiente, na saúde e nas economias.

Recordes

Em Martinica, Guadalupe e Porto Rico os níveis de qualidade do ar foram classificados como “perigosos”, com valores recordes de PM10, um material que pode penetrar nos pulmões, causando problemas respiratórios e doenças. 

Segundo a OMM e parceiros, “este é um evento de proporções verdadeiramente históricas.”

Tempestades de areia e poeira são riscos meteorológicos comuns em regiões áridas e semiáridas. São geralmente causados por tempestades, que levantam grandes quantidades de areia e poeira para a atmosfera, transportando-os a centenas a milhares de quilômetros de distância.

Todos os anos, cerca de 2 mil milhões de toneladas de poeira entram na atmosfera. Grande parte é um processo natural, mas também resultado de uma má gestão da água e da terra.

Passado

No ano passado, foram verificadas altas concentrações no norte e centro de África, Península Arábica, norte da Índia, Ásia Central e os desertos no noroeste e norte da China. 

Desses locais, a poeira foi transportada para as vizinhas, incluindo o Oceano Atlântico Norte, América do Sul, Mar Mediterrâneo, Mar da Arábia, Baía de Bengala, centro-leste da China, Península Coreana e Japão, demonstrando o impacto significativo em muitas regiões do mundo. Na maioria das áreas afetadas, a concentração de poeira em 2019 foi superior à média. 

Outros artigos