CoronavírusMundo

Número de mortos por coronavírus na Itália passa de 1,4 mil

(ANSA) – O número de mortos na epidemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Itália chegou a 1.441, segundo balanço divulgado neste sábado (14) pela Defesa Civil. Isso representa um aumento de 175 vítimas em 24 horas.

Já o número de contágios atingiu 21.157, incluindo 17.750 casos ainda ativos (+2.795) e 1.966 pacientes curados (+527). De acordo com o chefe da Proteção Civil, Angelo Borrelli, 1.518 pessoas estão na unidade de terapia intensiva. Os dados revelam que houve um aumento de 36,7% no número de recuperados nas últimas 24 horas. Já a quantidade de mortos cresceu 13,8%.

Na região da Lombardia, em particular, o número de mortes aumentou somente 8%, o equivalente a 76 casos, contra 146 registrados ontem (13). A cidade epicentro na Itália contabilizou no total 966 vítimas, seguida da vizinha Emilia-Romagna (241).

Também ocorreram falecimentos nas regiões do Vêneto (55), do Piemonte (59), de Marcas (36), da Ligúria (27), do Lazio (13), de Friuli Veneza Giulia (13), da Toscana (seis), da Puglia (oito), da Sicília (dois), de Abruzzo (dois), de Trentino-Alto Ádige (dois), do Vale de Aosta (um), da Campânia (seis), da Úmbria (um) e na província de Bolzano (três).

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Romário Nicácio

Administrador de Redes. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento. Redator de sites desde 2009, passando pelo Notícias da TV Brasileira (NTB), Blog Psafe e vários outros de temas variados. E-mail: romario@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.