Governo confirma três casos suspeitos de coronavírus no Brasil

(ANSA) – O número absoluto de mortos por dia com o novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Itália caiu em relação ao último balanço. O país teve mais 683 nesta quarta-feira (25), contra os 743 óbitos de terça (24), elevando o total para 7.503 vítimas, informou a Defesa Civil.

De acordo com os dados, a Itália já contabiliza 74.386 contágios, sendo 57.521 casos ativos, crescimento de 3.491 em um dia, menor expansão em números absolutos desde 18 de março. Além disso, o número de novos casos positivos registrou queda pelo quarto dia consecutivo, já que ontem o país teve 3.612, na segunda-feira (23), 3.780, e no último domingo, 3.957.

A Defesa Civil ainda informou que, da quantidade total dos contágios ativos, 23.112 pessoas estão hospitalizadas com sintomas e 30.920 em isolamento domiciliar.

“Estamos passando por uma fase de aparente estabilização e acreditamos que o número de pessoas infectadas é consistente com a tendência que a disseminação teve no país. Isso nos faz pensar que é essencial manter medidas rigorosas de contenção e distanciamento social se queremos ver a curva estabilizar e depois diminuir”, afirmou o vice-diretor da Defesa Civil, Agostino Miozzo.

Em relação aos casos curados, o país registrou um aumento de mais 1.036 nas últimas 24 horas, atingindo 9.362. Ao todo, existem 3.489 pacientes internados em terapia intensiva, 93 a mais do que ontem (24). Desse número total, 1.236 estão concentrados na Lombardia, epicentro da Covid-19 na Itália.

A região da Lombardia, no norte do país, é o local mais crítico do país, mas registrou uma queda no crescimento de infectados e na quantidade de mortos. Em um dia, foram contabilizados mais 1643 casos contra 1942 de ontem (24), totalizando 32.346 contágios. Já o número de mortes diárias caiu abaixo de 300, somando 296 nas últimas 24 horas e 4.178 no consolidado.

Na sequência aparecem as seguintes regiões: Emilia-Romagna (10.054), do Vêneto (6.442), Piemonte (6.024), Marcas (2.934), Toscana (2.972), Ligúria (2.305), Lazio (1.901), Campânia (1.199), Friuli-Venezia Giulia (1.139), Puglia (1.093), Abruzzo (813), Sicília (994), Úmbria (710), Vale de Aosta (401), Sardenha (442), Calábria (351), Molise (73), Basilicata (113), Trentino Alto-Ádige (1.222) e Bolzano (858).

Atualmente, a Itália é o país com maior número de casos na Europa, seguido da Espanha e China. Ontem, o chefe da Defesa Civil da Itália, Angelo Borrelli, admitiu que o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no país pode ser até 10 vezes maior do que o balanço oficial divulgado todos os dias. Ele não participou da coletiva nesta quarta-feira porque apresentou sintomas da Covid-19 e está isolado até receber o resultado do exame.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.