Número de mortos com Covid-19 passa de 7 mil na Itália

março 25, 2020 0 Por Romário Nicácio
Número de mortos com Covid-19 passa de 7 mil na Itália

(ANSA) – O número absoluto de mortos por dia com o novo coronavírus (Sars-CoV-2) na Itália caiu em relação ao último balanço. O país teve mais 683 nesta quarta-feira (25), contra os 743 óbitos de terça (24), elevando o total para 7.503 vítimas, informou a Defesa Civil.

De acordo com os dados, a Itália já contabiliza 74.386 contágios, sendo 57.521 casos ativos, crescimento de 3.491 em um dia, menor expansão em números absolutos desde 18 de março. Além disso, o número de novos casos positivos registrou queda pelo quarto dia consecutivo, já que ontem o país teve 3.612, na segunda-feira (23), 3.780, e no último domingo, 3.957.

A Defesa Civil ainda informou que, da quantidade total dos contágios ativos, 23.112 pessoas estão hospitalizadas com sintomas e 30.920 em isolamento domiciliar.

“Estamos passando por uma fase de aparente estabilização e acreditamos que o número de pessoas infectadas é consistente com a tendência que a disseminação teve no país. Isso nos faz pensar que é essencial manter medidas rigorosas de contenção e distanciamento social se queremos ver a curva estabilizar e depois diminuir”, afirmou o vice-diretor da Defesa Civil, Agostino Miozzo.

Em relação aos casos curados, o país registrou um aumento de mais 1.036 nas últimas 24 horas, atingindo 9.362. Ao todo, existem 3.489 pacientes internados em terapia intensiva, 93 a mais do que ontem (24). Desse número total, 1.236 estão concentrados na Lombardia, epicentro da Covid-19 na Itália.

A região da Lombardia, no norte do país, é o local mais crítico do país, mas registrou uma queda no crescimento de infectados e na quantidade de mortos. Em um dia, foram contabilizados mais 1643 casos contra 1942 de ontem (24), totalizando 32.346 contágios. Já o número de mortes diárias caiu abaixo de 300, somando 296 nas últimas 24 horas e 4.178 no consolidado.

Na sequência aparecem as seguintes regiões: Emilia-Romagna (10.054), do Vêneto (6.442), Piemonte (6.024), Marcas (2.934), Toscana (2.972), Ligúria (2.305), Lazio (1.901), Campânia (1.199), Friuli-Venezia Giulia (1.139), Puglia (1.093), Abruzzo (813), Sicília (994), Úmbria (710), Vale de Aosta (401), Sardenha (442), Calábria (351), Molise (73), Basilicata (113), Trentino Alto-Ádige (1.222) e Bolzano (858).

Atualmente, a Itália é o país com maior número de casos na Europa, seguido da Espanha e China. Ontem, o chefe da Defesa Civil da Itália, Angelo Borrelli, admitiu que o número de pessoas infectadas pelo novo coronavírus no país pode ser até 10 vezes maior do que o balanço oficial divulgado todos os dias. Ele não participou da coletiva nesta quarta-feira porque apresentou sintomas da Covid-19 e está isolado até receber o resultado do exame.