PUBLICIDADE

Governo Lula enfrenta queda na aprovação popular, revela pesquisa Ipec

Resultados de pesquisa mostram visões divididas sobre governo Lula, abrangendo aprovação, confiança e avaliação geral da administração atual no Brasil.
Aprovação do Governo Lula em Declínio: Detalhes da Última Pesquisa
Luiz Inácio Lula da Silva (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

Em um levantamento recente realizado pela Ipec (Inteligência em Pesquisa e Consultoria), a administração do Presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi submetida ao escrutínio da opinião pública. A pesquisa, conduzida entre os dias 1 e 5 de dezembro de 2023, abrangeu 2.000 eleitores em 128 municípios brasileiros, revelando insights significativos sobre a percepção do governo atual​​.

Os resultados indicam uma avaliação mista do governo Lula. Segundo a pesquisa, 38% dos brasileiros classificam a administração de Lula como ótima ou boa, uma ligeira diminuição em relação à pesquisa anterior em setembro, que apontava 40%​​. Este decréscimo sugere uma mudança gradual na opinião pública. Por outro lado, a proporção dos que consideram o governo como ruim ou péssimo subiu de 25% para 30%, refletindo um aumento na insatisfação​​.

Além disso, a aprovação da forma como o presidente vem governando o país também sofreu um declínio, passando de 56% em setembro para 51% em dezembro. A desaprovação aumentou de 39% para 43%, evidenciando um cenário de opiniões divididas entre os eleitores brasileiros​​​​.

Quando se trata da confiança no presidente, os dados mostram uma divisão quase igualitária: 48% dos entrevistados afirmam confiar em Lula, enquanto 50% declaram não confiar, uma oscilação que aponta para um leve aumento na desconfiança desde setembro​​​​.

PUBLICIDADE

pesquisa governo lula
Pergunta: Como o(a) sr(a) classifica a administração do Presidente Lula até o momento? O(A) sr(a) diria que ela está sendo ótima, boa, regular, ruim ou péssima? (Estimulada – %)

Esses números revelam um cenário complexo e desafiador para o governo Lula, com uma base de apoio ainda significativa, mas enfrentando crescentes desafios em manter a confiança e a aprovação de uma parcela substancial da população.

Análise demográfica e regional da avaliação do Governo Lula

A pesquisa Ipec não apenas fornece uma visão geral da opinião pública sobre o governo Lula, mas também destaca diferenças notáveis na percepção baseadas em demografia e localização geográfica. Essas variações são fundamentais para entender o cenário político e social brasileiro atual.

PUBLICIDADE

Entre os que avaliam positivamente o governo Lula, a pesquisa aponta uma maior aprovação entre indivíduos que declararam ter votado nele em 2022, com 69% classificando a gestão como ótima ou boa. Além disso, a região Nordeste se destaca com uma avaliação positiva de 52%, seguida de perto pelos que possuem renda familiar mensal de até 1 salário mínimo (51%) e pelos menos instruídos (50%). Católicos também mostram uma inclinação positiva, com 44% de aprovação​​.

Por outro lado, a pesquisa revela que a avaliação negativa do governo é mais acentuada entre aqueles que votaram em Jair Bolsonaro na eleição de 2022, com 61% classificando a administração como ruim ou péssima. Esta tendência negativa também é mais expressiva entre os que têm renda mensal familiar superior a 5 salários mínimos (48%), os residentes da região Sul (39%), os mais instruídos (40%), os autodeclarados brancos (37%) e os evangélicos (37%)​​.

Expectativas e percepções econômicas sob o Governo Lula

A avaliação da economia sob a administração de Lula é um aspecto crucial da pesquisa Ipec. Este tópico reflete não apenas a situação econômica atual, mas também as expectativas para o futuro, oferecendo um panorama do sentimento da população em relação ao desempenho econômico do governo.

No que diz respeito à situação econômica atual do Brasil, 39% dos entrevistados acreditam que ela melhorou em comparação com seis meses atrás. No entanto, um número quase igual (36%) considera que a situação econômica está pior, evidenciando uma divisão na percepção do progresso econômico​​.

Quando questionados sobre as expectativas para os próximos seis meses, 45% dos entrevistados manifestaram otimismo, esperando uma melhora na situação econômica. Contudo, 30% expressaram uma visão pessimista, antecipando um agravamento das condições econômicas. Essas expectativas mistas indicam uma incerteza quanto à direção futura da economia brasileira​​.

Interessantemente, a pesquisa revela que a percepção da economia está fortemente atrelada à avaliação política. Aqueles que aprovam o governo Lula tendem a ter uma visão mais otimista da economia, enquanto aqueles que desaprovam o governo são mais inclinados a ter uma percepção negativa. Isso sugere que as opiniões econômicas podem ser influenciadas por alinhamentos políticos e vice-versa.

Confira a análise do veto de Lula a desoneração da folha de pagamento (Créditos: Agência Brasil)
Confira a análise do veto de Lula a desoneração da folha de pagamento (Créditos: Agência Brasil)

Áreas de atuação e desempenho do Governo Lula

A pesquisa Ipec fornece uma visão detalhada sobre as áreas em que o governo Lula é percebido como tendo melhor e pior desempenho. Essas percepções são vitais para entender como os cidadãos avaliam as políticas específicas e as iniciativas do governo.

Melhor atuação

De acordo com a pesquisa, as áreas onde o governo Lula é visto como tendo melhor atuação incluem o combate à fome, pobreza e miséria, mencionado por 30% dos entrevistados, e a educação, com 20% das menções​​. Estes números destacam um reconhecimento significativo das políticas sociais e educacionais do governo.

Pior atuação

Por outro lado, as áreas mais criticadas incluem a saúde, com 26% dos entrevistados apontando como a de pior atuação, seguida pelo combate à corrupção e pela segurança pública, cada uma recebendo 25% e 24% das menções, respectivamente​​. Estas críticas indicam desafios significativos enfrentados pelo governo nessas áreas essenciais.

Divisões na percepção

É importante notar que essas percepções variam consideravelmente entre diferentes grupos. Por exemplo, os que avaliam o governo como ótimo ou bom tendem a enfatizar as políticas sociais e educacionais, enquanto aqueles que têm uma visão negativa do governo focam nas questões de saúde e segurança.

Essas avaliações refletem não apenas o desempenho percebido do governo, mas também as prioridades que diferentes segmentos da população atribuem a várias áreas políticas. Elas oferecem um panorama de como as políticas do governo estão sendo recebidas e quais áreas necessitam de atenção adicional.

Sentimentos e ideias da população

A pesquisa Ipec também mergulha no terreno mais subjetivo dos sentimentos e percepções da população em relação ao governo Lula. Estas dimensões oferecem uma compreensão mais profunda do clima emocional e das opiniões sobre as políticas do governo.

Sentimentos predominantes

O sentimento mais associado ao governo Lula, conforme apontado por 33% dos entrevistados, é a esperança. Isso indica uma parcela significativa da população que mantém um otimismo em relação à atual administração. No entanto, também há sentimentos negativos consideráveis, com decepção (24%), desconfiança e vergonha (22% cada) sendo expressos por uma parte substancial dos entrevistados​​.

Divergências nas percepções

As divergências nas percepções sobre o governo são evidentes. A esperança é particularmente forte entre os que avaliam positivamente o governo Lula (54%) e entre os que votaram nele na eleição de 2022 (53%). Por outro lado, a decepção e a vergonha são mais citadas entre os que avaliam negativamente o governo, e também entre aqueles que votaram em Jair Bolsonaro na eleição de 2022​​.

Ideias do governo

Quanto às ideias do governo, 32% dos entrevistados acreditam que o governo Lula está tendo boas ideias e conseguindo colocá-las em prática, enquanto 37% consideram que o governo não está tendo boas ideias para o país​​​​. Essas opiniões refletem uma nação dividida não apenas em suas avaliações do desempenho do governo, mas também na crença em sua capacidade de inovação e eficácia.

Os resultados da pesquisa Ipec sobre o governo Lula pintam um quadro de um Brasil polarizado, onde esperança e otimismo coexistem com decepção e ceticismo. Esta divisão de sentimentos e ideias é um reflexo das complexidades sociais, econômicas e políticas que o Brasil enfrenta atualmente.

PUBLICIDADE

COMPARTILHE:

Romário Nicácio

Romário Nicácio

Administrador de redes, estudante de Ciências e Tecnologia (C&T) e Jornalismo, que também atua como redator de sites desde 2009. Co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento, com um amplo conhecimento em diversas áreas. Com uma vasta experiência em redação, já contribuí para diversos sites de temas variados, incluindo o Notícias da TV Brasileira (NTB) e o Blog Psafe. Sua paixão por tecnologia, ciência e jornalismo o levou a buscar conhecimentos nas áreas, com o objetivo de se tornar um profissional cada vez mais completo. Como co-fundador do Portal N10 e do N10 Entretenimento, tenho a oportunidade de explorar ainda mais minhas habilidades e se destacar no mercado, como um profissional dedicado e comprometido com a entrega de conteúdo de qualidade aos seus leitores. Para entrar em contato comigo, envie um e-mail para [email protected].

Deixe uma resposta