PUBLICIDADE

Chuvas intensas levam Natal a decretar ‘Estado de Emergência’

Até o momento, cerca de 15 pessoas estão desabrigadas e se deslocaram voluntariamente para a Escola Estadual Adelino Dantas, na zona norte.
O decreto do estado de emergência é uma medida estratégica para enfrentar a burocracia do serviço público, permitindo o acesso mais ágil a recursos emergenciais necessários (Foto: Alex Régis / Secom)
O decreto do estado de emergência é uma medida estratégica para enfrentar a burocracia do serviço público, permitindo o acesso mais ágil a recursos emergenciais necessários (Foto: Alex Régis / Secom)

Natal enfrenta uma situação crítica após registrar um volume de chuvas excepcionalmente alto nas últimas 24 horas. Com 241 milímetros de precipitação, um valor quase doze vezes maior que o previsto para todo o mês, a cidade se vê em uma situação desafiadora.

Em resposta a essa crise climática, a prefeitura de Natal tomou a decisão de decretar Estado de Emergência. Esta medida foi anunciada após uma reunião emergencial do gabinete de crise, liderada pela secretária municipal de Planejamento, Joanna Guerra. O decreto será publicado em edição extra do Diário Oficial do Município até o final do dia.

Joanna destacou os esforços imediatos empreendidos pela Prefeitura, como a mobilização de equipes da Defesa Civil Municipal, agentes de mobilidade da STTU, e servidores de diversas áreas, incluindo Assistência Social e Infraestrutura, para dar suporte à população. Até o momento, foram registrados alagamentos significativos, mas sem ocorrências de vítimas.

O decreto do estado de emergência é uma medida estratégica para enfrentar a burocracia do serviço público, permitindo o acesso mais ágil a recursos emergenciais necessários para reparos estruturais, compra de mantimentos, pagamento de diárias operacionais e horas extras aos servidores envolvidos, além da possibilidade de contratar serviços adicionais conforme a necessidade.

PUBLICIDADE

Alagamentos e desabrigados

As equipes da Defesa Civil Municipal registraram cerca de 40 ocorrências entre a segunda e as primeiras horas desta terça-feira (28). De acordo com a diretora do órgão, Fernanda Jucá, a maior parte dos problemas foi registrada no entorno das lagoas de captação:

O Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais só veio nos alertar para esse evento climático às 19h de ontem, após uma provocação nossa. A Defesa Civil está atuando com três equipes em campo e destacou um servidor no Ciosp para atuar exclusivamente nos chamados relacionados às chuvas. Pedimos à população que evite sair de casa, pois estamos em alerta máximo para deslizamentos e alagamentos, e em caso de necessidade acione o 193 (Corpo de Bombeiros) ou o 190”, disse.

PUBLICIDADE

As fortes chuvas que atingem Natal nesta terça-feira (28) está impactando diretamente no trânsito da capital
As fortes chuvas que atingem Natal nesta terça-feira (28) impactam diretamente no trânsito da capital

Até o momento, cerca de 15 pessoas estão desabrigadas e se deslocaram voluntariamente para a Escola Estadual Adelino Dantas, na zona norte. Joana Guerra disse que a maior parte das pessoas desabrigadas estava nas proximidades da lagoa de captação do Santarém, que transbordou. 

A secretaria municipal de Trabalho e Assistência Social (Semtas) providenciou a entrega de colchões, lençóis, kits de higiene e limpeza para todos. Os servidores do Departamento de Abordagem Social também estão atuando para cadastrar a população atingida para oferecer esses benefícios eventuais. 

A Prefeitura definiu, que em caso de necessidade, as Escolas Municipais Henrique Castriciano (Santos Reis); Nossa Senhora da Apresentação (Nossa Senhora da Apresentação); Estela Lopes (Lagoa Azul) e Cristina Osório (Felipe Camarão) e o Centro de Convivência Ivone Alves (Lagoa Azul) serão utilizados como abrigos provisórios. 

As equipes de manutenção e drenagem da secretaria municipal de Infraestrutura (Seinfra) e da Urbana estão atuando na limpeza e reparos das bombas de drenagem das lagoas de captação. Transbordaram os reservatórios do Aliança, Acaraú, José Sarney, Cidade da Esperança, Jardim Primavera e Santarém, em virtude do roubo de fios das bombas de drenagem, que atrapalharam a capacidade de escoamento dos locais.

PUBLICIDADE

COMPARTILHE:

Rafael Nicácio

Rafael Nicácio

Co-fundador e redator do Portal N10, é um dos responsáveis pela administração do site. Conta com a experiência de ter atuado nas assessorias de comunicação do Governo do Estado do Rio Grande do Norte e da Universidade Federal do RN. Trabalha com administração e redação em sites desde 2013 e, atualmente, também administra páginas como Dinastia Nerd e Dicas Cel! E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Uma resposta

Deixe uma resposta