Nordeste deve receber R$ 700 milhões para financiamento estudantil em 2018

A partir do próximo semestre, estudantes terão condições mais favoráveis para contratos com o Fies

Nordeste, Centro-Oeste e Norte receberão aportes específicos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento no próximo semestre, possibilitando condições mais favoráveis para os contratos com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies).

Estão assegurados mais de R$ 700 milhões em recursos do Fundo Constitucional de Financiamento (FNE) somente para a região Nordeste. Até o final da semana que vem, deverá ser aprovado o incremento dos Fundos Constitucionais de Financiamento do Norte (FNO) e do Centro-Oeste (FCO).

O objetivo do Ministério da Integração Nacional é priorizar áreas que mais carecem de profissionais com nível superior. As três regiões terão juros mais baixos ao ano.

O ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho, destaca que a programação financeira para os próximos quatro anos é mais do que suficiente para fazer frente às demandas por financiamentos. “Como não sofrem contingenciamento de recursos, os Fundos Constitucionais serão também uma importante fonte de crédito para estudantes do Norte, Nordeste e Centro-Oeste”, ressaltou.

O Ministério da Educação ofertou 75 mil novas vagas para o FIES no segundo semestre de 2017.

Medida Provisória

A Medida Provisória 785, editada em julho deste ano, possibilitou os investimentos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento no setor educacional. Serão 310 mil vagas geradas no Novo Fies, composto por três faixas.

você pode gostar também

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!