Netflix cancela “House of Cards”

Netflix cancela “House of Cards”

outubro 30, 2017 0 Por Eduardo Gabriel

De acordo com o site norte-americano “TV Line”, a série “House of Cards” será cancelada após a sua sexta temporada. A produção é um dos grandes sucessos da Netflix e tem como protagonista o ator Kevin Spacey, que desde o último domingo, 29 de outubro, está envolvido em um escândalo de assédio sexual.

Ator de ‘House of Cards’ pede desculpas por assédio e revela ser gay

O norte-americano Kevin Spacey – que interpreta o personagem Frank Underwood em House of Cards, pediu desculpas publicamente a Anthony Rapp (Star Trek: Discovery) por conta de um abuso sexual cometido em 1986 e revelou sua homossexualidade na noite deste domingo (29).

O ator de “House of Cards” fez a postagem na internet após Rapp, que atualmente tem 46 anos, revelar o abuso em postagens nas redes sociais. Na época do assédio, o artista tinha 14 anos.

“Ele me pegou como um noivo pega sua noiva. Mas, eu não gostei, mas inicialmente pensei ‘o que está acontecendo?’. Então, ele deitou sobre mim. Ele estava tentando me seduzir… eu estava ciente que ele estava tentando me ter sexualmente”, disse Rapp em uma entrevista ao portal “BuzzFeed News”.

Anthony Rapp Star Trek Discovery
Anthony Rapp

De acordo com o ator, ele conseguiu se desvencilhar e fugir para o banheiro.

Após a revelação, Spacey usou sua conta no Twitter para pedir “sinceras desculpas” sobre o caso. “Eu tenho muito respeito e admiração por Anthony Rapp como ator. Eu estou horrorizado ao ouvir sua história. Honestamente, eu não lembro desse encontro, que ocorreu há mais de 30 anos. Mas, se eu agi como ele descreveu, eu ofereço minhas sinceras desculpas por um comportamento bêbado profundamente inapropriado, e eu sinto muito pelos sentimentos que ele descreveu e carregou com ele durante esses anos“, escreveu o ator.

Segundo Spacey, essa história o “encorajou” para “ver outras coisas sobre minha vida”.

“Eu sei sobre as histórias sobre mim e algumas foram incentivadas pelo fato de que eu sempre protegi muito minha privacidade. Os mais próximos a mim sabem que em minha vida eu tive relacionamentos com homens e mulheres. Eu tive encontros românticos com homens durante minha vida, e eu escolhi viver como um homem gay”, concluiu o Spacey.

O caso de Rapp veio na esteira de uma série de acusações de abusos sexuais contra produtores de Hollywood. Entre os acusados, está Harvey Weinstein, que já tem mais de 50 denúncias de mulheres contra os assédios e abusos cometidos ao longo dos últimos anos.

Do Portal N10 com a Agência ANSA*