Economia

NegocieCoins doará taxas de transações para vítimas da tragédia em Brumadinho

NegocieCoins doará taxas de transações para vítimas da tragédia em Brumadinho

A exchange NegocieCoins iniciou uma campanha para arrecadação de recursos para as vítimas da tragédia de Brumadinho, Minas Gerais. Durante toda essa segunda-feira, dia 28, todas as taxas originárias de transações em dinheiro fiat arrecadadas pela empresa serão doadas para as famílias atingidas. Em outras palavras, quando o cliente transforma a criptomoeda em dinheiro de moeda fiduciária (real) é gerada uma taxa de despesas para transações. Essa taxa será doada pela empresa.

A NegocieCoins é a exchange de criptomoedas com maior volume de negociação mensal do Brasil. Ela pertence ao Grupo Bitcoin Banco, especializado em negócios com cripotmoedas.

“A ação faz parte da filosofia da empresa de promover iniciativas que beneficiem a sociedade, o que inclui campanhas de arrecadação e doações. A empresa também envolve os cerca de 100 colaboradores nessas ações e investe em inclusão. Profissionais especializados em Libras fazem atendimento especializado online e presencial para clientes deficientes auditivos”.

Número de vítimas

Subiu para 60 o número de mortos no rompimento da barragem de Feijão, em Brumadinho (MG), na última sexta-feira (25). Desse total, 19 corpos foram identificados até o momento.

Segundo o tenente-coronel Flávio Godinho, da Defesa Civil de Minas Gerais, ainda há 292 pessoas desaparecidas, enquanto outras 192 foram resgatadas. Além disso, 135 indivíduos estão desabrigados.

As buscas por vítimas e eventuais sobreviventes ganharam novo reforço nesta segunda-feira (28), com a chegada de 136 militares enviados pelo primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu.

Momento que a barragem de Brumadinho se rompe

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.