Câmara Municipal de Natal

Natal aprova projeto inédito de incentivo aos circos itinerantes

A aprovação do PL foi acompanhada em plenário por vários representantes de circos que funcionam na capital potiguar

De autoria da vereadora Divaneide Basílio (PT), a Câmara Municipal de Natal confirmou por unanimidade, nesta quinta-feira, 21, a aprovação em segunda discussão, do Projeto de Lei que cria a primeira política pública do Circo Itinerante no Município.

O texto estabelece a simplificação da burocracia para o funcionamento desses equipamentos na cidade, autorizando a concessão de isenção de taxas, a disponibilização de espaços com infraestrutura de água, luz, coleta de lixo e, ainda garante a matrícula dos filhos desses artistas e funcionários nas escolas municipais, entre outros estímulos.

Essa é a primeira política pública desse tipo aprovada na história de Natal. A intenção da nossa proposta é minimizar o processo de exclusão que os circos populares sofrem na nossa cidade, promovendo mecanismos de integração e reconhecimento social dessa atividade e tantas variantes da arte circense no nosso município”, explicou a parlamentar.

A aprovação do PL foi acompanhada em plenário por vários representantes de circos que funcionam na capital potiguar e que comemoraram a vitória. “Eu tenho certeza que o circo sai muito fortalecido após essa votação e com a certeza de que podemos contar com legislativo natalense para realizar nosso trabalho de forma honesta e justa”, finalizou o palhaço Macarrão, que atua há mais de 20 anos na nossa cidade.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo