NASA revela locais onde o eclipse solar poderá ser visto em sua totalidade

NASA revela locais onde o eclipse solar poderá ser visto em sua totalidade

dezembro 14, 2020 0 Por Rafael Nicácio

A NASA preparou uma representação esquemática da trajetória do eclipse solar que nesta segunda-feira (14/12) poderá ser vista em alguns países da América do Sul, traçando a linha de seu percurso no mapa da área, que também destaca os pontos de onde pode ser observado o fenômeno perfeitamente.

Para isso, a imagem destaca os nomes das cidades chilenas de Saavedra e Pucón , e das cidades argentinas de Valcheta e Salina del Eje. Acima de todos eles passa uma linha laranja grossa que representa o caminho do eclipse, que tem uma largura média de 90 quilômetros.

NASA revela locais onde o eclipse solar poderá ser visto em sua totalidade

De fato, desde a Argentina, o eclipse total pode ser observado no norte da Patagônia, especialmente nas províncias de Neuquén e Río Negro, onde o dia ‘vai se transformar’ em noite. Enquanto isso, no Chile, o impressionante evento passará pelas regiões de La Araucanía, Los Ríos e na ilha Mocha da região do Biobío, segundo o site Temporada de Eclipses.

A agência espacial especifica que “qualquer pessoa localizada na linha central da trajetória” terá “aproximadamente 2 minutos e 10 segundos da totalidade” do eclipse, embora seja uma estimativa feita “sem levar em conta o impacto do clima local” .

Na Argentina, o evento astronômico único ocorrerá entre 11h40 e 14h50, atingindo seu pico entre 13h05 e 13h25 (hora local). Já no Chile, o fenômeno será visível a partir das 11h37 e ocorrerá ‘à noite’ por volta das 13h03 (horário de Temuco).

Neste intervalo, o Sol estará totalmente coberto pela Lua durante 2 minutos e 10 segundos, embora seja possível continuar percebendo “a tênue atmosfera do Sol”, que é chamada de “corona” neste contexto.

Fora desses lugares designados, a percepção do fenômeno será parcial, mas também possível. “Nas partes do sul do Chile e da Argentina que estão fora dessa trajetória, os observadores ainda serão capazes de ver um eclipse solar parcial, onde a Lua cobrirá parte do Sol”, explica a NASA.

O eclipse também será parcialmente visível no Peru, Bolívia, Uruguai, Paraguai, Equador e partes do Brasil .

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!