Não usar máscara neste país é punível com até 2 anos de prisão

Não usar máscara neste país é punível com até 2 anos de prisão

outubro 23, 2020 0 Por Rafael Nicácio

O Gabinete do Procurador-Geral da Etiópia anunciou na última quarta-feira, 21 de outubro, que as pessoas que violarem deliberadamente as restrições destinadas a conter a propagação do coronavírus no País, podem ser multadas ou condenadas à prisão por até 2 anos.

Essas novas restrições obrigam o uso de máscaras em locais públicos e meios de transporte, mantendo uma distância social de “dois metros entre as pessoas”, bem como o não aperto de mão ou que mais de três pessoas compartilhem a mesa.

O anúncio foi feito um mês depois que o segundo país mais populoso da África suspendeu o estado de emergência – declarado em abril, para a pandemia.

Nesta sexta-feira, 23 de outubro, o Ministério da Saúde da Etiópia registrou um total de 92.229 casos de coronavírus; 1.400 pessoas morreram de covid-19, enquanto 46.118 pacientes conseguiram se recuperar.