Destaques, Política

Na contramão da crise, Temer gasta R$ 5,6 milhões com cartões corporativos

Foto: Beto Barata/PR

Na contramão do arrocho oficial, o governo Michel Temer gastou, apenas entre janeiro e junho deste ano, mais de R$ 20 milhões por meio dos cartões corporativos. No ano passado, este tipo de gasto, que também possibilita saques em dinheiro, chegou a R$ 52 milhões. Nesta linha, a Presidência da República é quem lidera a lista dos maiores usuários de cartões corporativos, com R$ 5,6 milhões em gastos no período.

Do valor total gasto pela Presidência por meio de cartões corporativos, cerca de R$ 2 milhões são protegidos sob sigilo por alegações de “garantia da segurança da sociedade e do Estado”. A Agência Brasileira de Inteligência (Abin) que já gastou quase R$ 3 milhões com cartões corporativos, também tem seus gastos protegidos sob sigilo, diz a coluna Esplanada.

Procuradores: outros que não sentem o baque da crise

Ao votar o orçamento para o ano que vem, o Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF) decidiu aprovar um reajuste de 16,7% nos salários dos procuradores da República, atendendo a uma forte reivindicação da categoria. O impacto será de R$ 116 milhões.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.