Mulher é submetida a cirurgia para retirada de “feto” no cérebro

Mulher é submetida a cirurgia para retirada de “feto” no cérebro

Mulher é submetida a cirurgia para retirada de “feto” no cérebro

Romário Nicácio abril 24, 2015 Ciência

Yamini Karanam, de 26 anos, não tinha ideia de que poderia ter tido uma irmã gêmea. No entanto, enquanto estudava para o seu doutorado na Universidade de Indiana, ela começou a perceber lapsos cognitivos que não havia ocorrido antes: “Problemas com a compreensão de leitura, compreensão auditiva. Se um casal de pessoas estavam conversando em uma sala, eu não entendia o que estava acontecendo “, disse Karanam à NBC. As informações são do IFL Science.

Yamini Karanam não tinha idéia de que ela poderia ter tido uma irmã gêmea. No entanto, enquanto estudava para o seu doutoramento na Universidade de Indiana, ela começou a perceber lapsos cognitivos que não havia ocorrido antes: “Problemas com a compreensão de leitura, compreensão auditiva. Se um casal de pessoas estavam conversando em uma sala, eu não entendia o que estava acontecendo”, disse Karanam NBC.

O tumor de Karanam era um teratoma, que ela chama de “o irmão gêmeo do mal que me torturou por 26 anos”. Os teratomas se formam a partir de camadas germinativas que não conseguem desenvolver-se adequadamente. A maioria dos teratomas são feitos de tecidos não estruturados a partir de órgãos específicos. Alguns contêm elementos corporais simples, como o cabelo, os dentes ou osso. Em casos mais raros, órgãos inteiros ou membros se desenvolvem sem um corpo para anexar.

Teratomas podem ser maligno, mas na maioria dos casos, incluindo o de Karanam, são benignos. Conseqüentemente, ela terá uma recuperação completa.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial.

Outros artigos