DestaquesPolítica

MP denuncia Geraldo Alckmin por improbidade financeira

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, foi denunciado nesta quarta-feira (5) pelo Ministério Público de São Paulo (MPSP) por improbidade financeira.

A acusação diz que Alckmin teria recebido, via caixa dois, R$ 7,8 milhões ( R$ 9,9 milhões no valor atualizado) da empreiteira Odebrecht para a campanha eleitoral de 2014, quando foi eleito para governador do estado.

Além disso, a Promotoria pediu para que o tucano devolva os valores recebidos ilegalmente e que perca seus direitos políticos, assim como a perda de eventual função pública que ocupe no futuro.

O ato de improbidade administrativa é quando há um enriquecimento indevido em razão do exercício do cargo, mandato ou função pública.

Aos 65 anos, Alckmin foi eleito como governador de São Paulo em 2010, sendo reeleito ao cargo em 2014. Já em 2006, concorreu à Presidência, mas foi derrotado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele está em campanha eleitoral para o pleito de outubro.

Com informações da Agência ANSA*

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo