Destaques, Política

MP denuncia Geraldo Alckmin por improbidade financeira

geraldo_alckmin
Foto: Du Amorim/ A2img

O candidato do PSDB à Presidência da República, Geraldo Alckmin, foi denunciado nesta quarta-feira (5) pelo Ministério Público de São Paulo (MPSP) por improbidade financeira.

A acusação diz que Alckmin teria recebido, via caixa dois, R$ 7,8 milhões ( R$ 9,9 milhões no valor atualizado) da empreiteira Odebrecht para a campanha eleitoral de 2014, quando foi eleito para governador do estado.

Além disso, a Promotoria pediu para que o tucano devolva os valores recebidos ilegalmente e que perca seus direitos políticos, assim como a perda de eventual função pública que ocupe no futuro.

O ato de improbidade administrativa é quando há um enriquecimento indevido em razão do exercício do cargo, mandato ou função pública.

Aos 65 anos, Alckmin foi eleito como governador de São Paulo em 2010, sendo reeleito ao cargo em 2014. Já em 2006, concorreu à Presidência, mas foi derrotado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele está em campanha eleitoral para o pleito de outubro.

Com informações da Agência ANSA*

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.