Mossoró registra cinco assassinatos em apenas um dia

Mossoró registra cinco assassinatos em apenas um dia

Mossoró registra cinco assassinatos em apenas um dia

Primeira ocorrência teve como vítima Diego Ramon, de 30 anos, da Polícia Militar do Estado do Ceará, perto do Hotel Vitória Palace

Rafael Nicácio junho 6, 2021 Destaques

Chuva de crimes no país de Mossoró. Neste sábado, 5 de junho, um total de cinco homicídios foram registrados em menos de 24 horas no município da Região Oeste do Rio Grande do Norte.

De acordo com a Polícia Civil, o primeiro crime aconteceu no fim da manhã no bairro Abolição III. O policial militar do Ceará, Diego Ramon da Silva Grigório – de 30 anos, estava na cidade e foi vítima de latrocínio.

A segunda vítima é Erikson Rutênnio da Silva Santos, de 26 anos. Foi executado com pelo menos cinco tiros enquanto chegava em casa – por volta das 16h, na Rua Francisca Alves da Silva, no bairro Pousada das Thermas.

A terceira ocorrência aconteceu por volta das 17h, no cruzamento das ruas Haroldo Gurgel e Cunha da Mota, no bairro Alto da Conceição. A vítima foi o mecânico Emerson Carlos Santana Bezerra, de 32 anos. Neste caso, haviam várias testemunhas. Elas relataram a polícia que eram mais ou menos 4 homens, todos armados e encapuzados. Chegaram, invadiram, mataram e fugiram.

Por volta das 19h30, a Polícia recebeu mais um chamado, novamente no Pousada das Thermas, informando de outra ocorrência de homicídio por arma de fogo. As vítimas foram a dona de casa Maria Rita Vieira de Freitas, de 51 anos, e a filha maria Clara Vieira de Freitas, de 16 anos.

Mossoró registra cinco assassinatos em apenas um dia

De acordo com a Polícia Civil os criminosos derrubaram a porta principal para entrar na casa das vítimas. Ao que tudo indica, os assassinos usaram escopetas calibre 12. Maria Rita morreu na sala e a filha dela em cima da cama, no quarto. No momento do ataque, havia uma outra jovem na casa, que teve a vida poupada pelos assassinos.

“Um crime bárbaro, violentíssimo, sem dúvidas alguma, crime de execução”, disse o delegado Renato Oliveira, que deu início à investigação do caso. Para o delegado, os crimes deste sábado não tem relação entre si.

Com informações do Mossoró Hoje e da Polícia Civil*

Outros artigos