Concurso Público

Ministério do Planejamento autoriza concurso público com 100 vagas para a AGU

concurso Advocacia Geral da União AGU 2018

O Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP) autorizou, nesta quinta-feira (14), a abertura de concurso público para a Advocacia-Geral da União (AGU). Ao todo, poderão ser contratados no certame 100 novos servidores públicos para o quadro de pessoal do órgão. A Portaria nº 157/2018 foi publicada no Diário Oficial da União.

As vagas são para os cargos de administrador, analista técnico administrativo, arquivista, bibliotecário, contador, técnico em assuntos educacionais e técnico em comunicação social. Segundo a norma, a AGU tem até seis meses, contados a partir de hoje, para a publicação do edital de abertura do concurso.

O provimento dos cargos dependerá de nova autorização do MP e está condicionado à existência de vagas na data da nomeação. Para ocorrer a nomeação dos novos servidores, também será necessária a adequação financeira ao orçamento do governo federal, demonstrando a origem dos recursos a serem utilizados.

Confira as vagas disponíveis:

Cargo Escolaridade Quantidade
Administrador Nível Superior 48
Analista Técnico Administrativo Nível Superior 10
Arquivista Nível Superior 2
Bibliotecário Nível Superior  1
Contador Nível Superior 32
Técnico em Assuntos Educacionais Nível Superior 2
Técnico em Comunicação Social Nível Superior 5
TOTAL 100

Advocacia-Geral da União

É a instituição responsável pela representação, fiscalização e controle jurídicos da União e da República Federativa do Brasil, bem como pela proteção do patrimônio público contra terceiros ou contra os ocupantes do Governo.

Exerce a Advocacia Pública em âmbito federal, o que lhe atribui a representação de todos os poderes da União na esfera judicial ou extrajudicial, bem como o exercício de atividades de consultoria e assessoramento jurídico no âmbito do Poder Executivo Federal. Além disso, também representa a República Federativa do Brasil perante a justiça de outros países e organismos e jurisdições internacionais. É prevista constitucionalmente como função essencial à justiça (art. 131), ao lado do Ministério Público, da Defensoria Pública e da advocacia privada.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.