(ANSA) – O craque argentino Lionel Messi e o técnico Pep Guardiola fizeram doações milionárias para ajudar no combate contra a pandemia do novo coronavírus (Sars-CoV-2), informou a imprensa espanhola.

O jogador do time catalão fez uma doação de um milhão de euros, sendo que parte da quantia foi para o Hospital Clínic, em Barcelona, e a outra para um centro médico na Argentina, país natal do craque.

O dinheiro será utilizado pelos dois locais para comprar materiais de ajuda no controle da Covid-19.

Guardiola, ex-técnico de Messi no Barça e atual comandante do Manchester City, seguiu os passos do craque argentino e fez uma doação de um milhão de euros para a Fundação Ángel Soler Daniel, que ajuda “médicos idosos em situação precária”.

“O ex-jogador e ex-técnico do Barcelona e atual técnico do Manchester City, Pep Guardiola, fez uma doação para a Fundação Ángel Soler Daniel de um milhão de euros para a aquisição e fornecimento de suprimentos médicos em face da emergência de saúde pandêmica da Covid-19”, informou em um comunicado Colégio de Médicos (COMB).

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, a Espanha é o terceiro país no mundo com mais casos confirmados do novo coronavírus, com 47.610, atrás somente da China (81.661) e da Itália (69.176). No país europeu, 3.434 pessoas morreram. A Argentina, por sua vez, contabiliza 387 casos e sete mortos.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.