Mundo

Menores de idade se prostituem em troca de água no Haiti

menores-de-idade-haiti
Foto: Divulgação/RT

Meninas haitianas menores de dez anos foram forçadas a oferecer seu corpo para adquirir um pouco de água potável em campos de refugiados, segundo o portal Actualidad RT. Essas meninas são órfãs e sobreviventes do terremoto que atingiu o Haiti em 12 de janeiro de 2010 e custou a vida de mais de 200 mil pessoas e deixou mais de 700 mil refugiados.

Foto: Divulgação/RT

Foto: Divulgação/RT

O Haiti sofre também de outros males sociais, como exemplo, as mulheres que constantemente são estupradas, sendo mais de 90% dos casos, cometidos contra menores. Além disso, teve um aumento na taxa de dependência de drogas, desemprego e violência do país, como informa o jornal El Espectador .
Uma das residentes de um campo de refugiados perto da cidade de Champ Mars, afirmou que sua irmã, de nove anos e sua filha, de seis, foram assediadas para que em troca, recebessem um copo de água. “Nada é intocável”, disse, afirmando que “as violações acontecem a cada segundo”.

Em 2011, a Organização Internacional para as Migrações (OIM) revelou que as mulheres jovens e meninas são as que mais sofrem violência sexual. A cada 60 vítimas assistidas pela OIM no Haiti, em 2010, 97% eram mulheres e meninas e os restantes 3% de homens. Desde então a violência vem aumentando no país latino-americano, onde, infelizmente, os incidentes não são relatados para polícia devido à falta de acesso à justiça para as vítimas ou ameaças e até intimidações por parte dos agressores.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.