Médicos do RN entram em greve a partir da próxima semana

Médicos do RN entram em greve a partir da próxima semana

novembro 9, 2017 0 Por Rafael Nicácio

A categoria médica do Rio Grande do Norte se une as outras categorias de servidores estaduais e decreta greve a partir da segunda-feira, dia 13. Os médicos aprovaram a medida em assembleia realizada no Sinmed-RN.

A paralisação da categoria por tempo indeterminado se dá pelos constantes atrasos salariais do Governo do Estado – desde janeiro de 2016 – que chega a acumular dívida de dois meses com os servidores, sem apresentar calendários de pagamento. Uma conduta que vem desrespeitando a legislação estadual que prevê o pagamento do funcionalismo até o último dia útil do mês.

Também anunciaram greve os servidores da saúde estadual, funcionários do Detran e Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Policiais Civis.

Os servidores da segurança, no entanto, têm a promessa do Governo de normalizar o pagamento até o dia 13 de novembro, para evitar que a categoria entre em greve. Fato esse que vinha preocupando as outras categorias. “Quem o Governo vai prejudicar para manter os salários de apenas uma categoria em dia?”, questionou Geraldo Ferreira, presidente do Sinmed-RN.

Porém, o subtenente Eliabe Marques, presidente da Associação dos Subtenentes e Sargentos do RN, ressaltou que mesmo diante da promessa de pagamento dos salários de outubro, a paralisação dos policiais e bombeiros está mantida. “Não vamos aceitar a exclusão dos nossos irmãos da reserva remunerada e pensionistas”.

Ato público

Os sindicatos da saúde SOERN, SINDSAÚDE, SINDERN e SINMED-RN, organizam um ato público para esta sexta-feira, dia 10 de novembro, no Hospital Walfredo Gurgel, a partir das 9h.

Em seguida, 10h30, os manifestantes seguem em carreata até a sede da Governadoria onde acontece a concentração do Ato do Fórum de Servidores do Estado.

Para mais notícias do Rio Grande do Norte, clique aqui!

Esta notícia foi interessante para você? Compartilhe com seus amigos!