Destaques, Saúde

Medicamento aprovado pela Anvisa promete tratar câncer de bexiga

Arquivo/Agência Brasil

Uma ótima notícia para pacientes que estão na luta contra o câncer de bexiga. É que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou um novo medicamento para tratamento da doença para as pessoas que estão sofrendo com a enfermidade no estágio já em avanço, e que procedimentos como a quimioterapia à base de platina, não dão resultados.

O remédio é o Keytruda, nome comercial do pembrolizumabe do laboratório norte-americano MDS e já foi autorizado para venda. A informação foi noticiada nesta segunda-feira (20), pelo Diário Oficial da União.

Para chegar ao resultado de que o remédio realmente funciona em pacientes com câncer de bexiga, estudos foram realizados com 542 pacientes submetidos ao tratamento com pembrolizumabe ou quimioterapia, durante aproximadamente 23 meses. Foi o chamado estudo fase III, Keynote-045. A conclusão foi de que o remédio apresentado tem uma eficácia de 30% a mais que procedimentos como a quimioterapia, além de diminuir os efeitos colaterais para quem precisar ingerir o medicamento.

O câncer de bexiga

Na maioria dos casos da doença, o  maior público atingido por ela é o homem, com idade próxima dos 65 anos e com o hábito de fumar. O câncer de bexiga é uma doença silenciosa, que na fase inicial evolui sem apresentar sinais e sintomas. Mas, com o passar do tempo e com a progressão do carcinoma, podem surgir sintomas, alguns deles são:

1 Sangue na urina

2 Urinar com frequência maior que a habitual.

3 Sensação de dor ou queimação ao urinar (Disúria).

4 Urgência em urinar, mesmo quando a bexiga não esteja cheia.

5 impossibilidade da pessoa urinar.

6 Dor lombar.

7 Perda de apetite e perda de peso.

8 Inchaço nos pés.

9 Dor óssea.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!). Fale conosco!

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.