CiênciaDestaquesSaúde

Medicamento à base de cannabis elimina 100% das células de câncer de pâncreas

A droga, que é baseada em um extrato do fungo Cyathus striatus em conjunto com o extrato de canabinoide, matou todas as células cancerígenas sem danificar nenhuma célula saudável

Um medicamento botânico contendo extratos de uma planta de cannabis conseguiu eliminar 100% das células cancerígenas do pâncreas, revelou um novo estudo.

A droga, que é baseada em um extrato do fungo Cyathus striatus em conjunto com o extrato de canabinoide, matou todas as células cancerígenas sem danificar nenhuma célula saudável.

Foi desenvolvido pela empresa biomédica Cannabotech e o estudo foi liderado pelo professor Fuad Fares, pesquisador sênior de câncer da Universidade de Haifa, em Israel.

O fungo usado foi objeto de oito anos de testes de eficácia anticâncer e o tratamento mostrou melhores resultados anticancerígenos do que uma variedade de outros fungos testados.

Há alguns meses, a empresa biomédica Cannabotech recebeu direitos globais e exclusivos de uso de patentes criadas na pesquisa do Prof. Fares e começou a liderar um processo acelerado de desenvolvimento de um medicamento botânico conforme definido pelo FDA (agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos).

Um novo marco

O primeiro marco no processo de desenvolvimento de medicamentos botânicos foi definido como a adaptação dos métodos de crescimento e extração de fungos ao protocolo da FDA para o desenvolvimento de medicamentos botânicos, que a empresa espera que seja significativamente mais barato e mais curto do que o processo de desenvolvimento de um medicamento ético padrão.

Além disso, a atividade anticancerígena do novo extrato fungico e a composição canabinoide desenvolvida pela Cannabotech no câncer de pâncreas foram examinadas.

Medicamento à base de cannabis elimina 100% das células de câncer de pâncreas

A empresa anunciou que, em um teste de modelo de célula, o extrato adaptado mostrou cinco vezes maior eficácia anticancerígena do que o extrato original, causando 100% de mortalidade das células cancerígenas do pâncreas.

Na concentração ativa em células cancerosas pancreáticas, não foi observado nenhum dano às células saudáveis. O extrato canabinoide resultou em uma mortalidade de 80% das células cancerígenas pancreáticas.

A empresa biomédica afirma ser uma das primeiras a ‘casar o conhecimento asiático tradicional com a ciência moderna para criar nossa fórmula proprietária M²CBD com patente pendente‘.

Eles utilizam cogumelos funcionais e CBD de alta qualidade para aprimorar suas fórmulas.

A Cannabotech espera concluir a fase de estudo de viabilidade até meados de 2023, levando-os ao próximo estágio em que desenvolverão o medicamento em colaboração com uma grande empresa farmacêutica por meio da aprovação do FDA.

Como próximo marco no processo de desenvolvimento, a empresa planeja testar tanto o mecanismo ativo de matar células cancerígenas por extratos quanto a eficácia anticancerígena combinada do fungo e dos canabinoides juntos, em células e animais.

Câncer de pâncreas

O câncer de pâncreas tem a fama de ser um dos cânceres mais agressivos; tem uma taxa de sobrevivência muito baixa e é uma das causas mais significativas de mortalidade no mundo ocidental. A FDA também tende a dar às empresas um alívio significativo nos processos de desenvolvimento de medicamentos para essa indicação, como definir o medicamento como um “medicamento órfão”.

Dr. Itzhak Angel, consultor farmacológico da Cannabotech, disse: “Desenvolver um medicamento botânico é um processo desafiador e os resultados que alcançamos são uma indicação real de que os extratos são eficazes e seguros para uso como tratamento anticancerígeno para câncer de pâncreas. Ainda temos um caminho a percorrer para fundamentar essa expectativa, mas temos boas esperanças de entregar notícias reais aos pacientes e desenvolver uma solução concreta para um dos cânceres mais agressivos”.

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.