Destaques, RN

Mar avança sobre orla de Barra do Cunhaú e prefeitura decreta emergência

Mar avança sobre orla de Barra do Cunhaú e prefeitura decreta emergência

O avanço do mar tem causado preocupação no distrito de Barra do Cunhaú, em Canguaretama, litoral sul do Rio Grande do Norte. A força da maré já atingiu uma rodovia estadual (a RN-269) e se aproxima de casas da região.

Por causa disso, a Prefeitura Municipal de Canguaretama, por meio de Decreto nº 36, declarou situação de emergência na área afetada pela erosão costeira marinha. Após reunião com técnicos da UFRN e Defesa Civil, trabalhadores atuaram na área, inclusive durante o feriado do Natal e fim de semana, para realizar a obra de contenção com a utilização de pedras (conforme mostra o vídeo logo abaixo).

De acordo com o Decreto, a erosão costeira causou um avanço de mais de 100 metros, destruindo imóveis, afetando a Rodovia Estadual (RN-269), causando danos de locomoção para moradores e frequentadores da praia, além da situação de calamidade e dos danos ambientais causados.

“Buscamos uma solução conjunta para essa situação, batendo em muitas portas dos governos estadual e federal. Infelizmente, o Estado e a União também estão com limitações financeiras. A partir do momento que foi indicada a necessidade urgente de obras de contenção no local, eu determinei o início dos trabalhos para resolver o problema atual. Nossa prioridade no momento é preservar as vidas dos moradores do local. Nossa equipe está trabalhando de forma muito determinada”, explicou a prefeita.

Fátima Marinho também destacou a importância do Decreto no momento. “Como os engenheiros e geólogos apontaram, a situação é urgente. Ou seja: vamos buscar uma solução definitiva para resolver o problema, mas isso leva muito tempo e necessita de muitos recursos que vamos batalhar seja onde for preciso. No entanto, como nosso objetivo principal é cuidar de vidas, estamos realizando essa obra de contenção, que vai garantir um prazo para buscarmos a solução definitiva para o caso”, destaca prefeita sobre a ação do executivo municipal.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.