café
Foto: Pixabay

Um estudo recentemente elaborado por uma equipe de cientistas das universidades britânicas de Southampton e Edimburgo concluiu que o consumo de três xícaras de café por dia reduz o risco de cirrose hepática em 44%. Os pesquisadores estudaram mais de 423 mil casos.

De acordo com os cientistas, a cafeína presente no café contém muitos compostos biologicamente ativos, tais como anti-oxidantes e “agentes” anti-inflamatórios, tais como o ácido clorogênico, o cafestol e cavéolas, o que pode proteger contra a fibrose hepática.

Além disso, o efeito bioquímico direto do café adiciona um impacto indireto de proteção. Estudos anteriores demonstraram que as substâncias contidas no café bloqueiam a hepatite B e C. Deve também notar-se que, nos últimos meses, vários estudos têm mostrado que o café reduz o risco de diabetes, obesidade e doença de Alzheimer.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.