Mais de mil táxis devem passar por vistoria na Grande Natal

A vistoria de mais de mil taxímetros que circulam por Natal e da Região Metropolitana está sendo realizada até o mês de outubro, de acordo com o final da placa do táxi, pelo Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte, órgão delegado do Inmetro.

Em janeiro, foram vistoriados os carros com placas terminadas em 1, em fevereiro a vistoria será para placas com final 2, em março final 3, abril, final 4, maio final 5, junho final 6, julho final 7, agosto final 8, setembro final 9 e outubro final 0. A vistoria é obrigatória e deve ser feita anualmente.

Para fazer a verificação o taxista deve comparecer à sede do órgão na Rua Olinto Meira, 1036 – Barro Vermelho, de segunda à sexta-feira, das 7h às 13h, portando o certificado do taxímetro do ano anterior e o certificado de registro e licenciamento de veículo para gerar o boleto da taxa de verificação no valor de R$ 52,18.

Após o pagamento, os motoristas devem comparecer a Unidade Móvel do IPEM/RN, que fica estacionada na rotatória do cruzamento da Avenida Prefeito O’mar Ogrady com a Avenida dos Xavantes (próximo a UPA Cidade Satélite), para realizar a aferição do taxímetro.

Se o instrumento for aprovado o motorista receberá o certificado atualizado, o lacre e o selo de verificação do Inmetro. Caso o instrumento seja reprovado, o reparo do taxímetro deverá ser feito por uma oficina credenciada pelo IPEM/RN. Os taxistas que trafegarem com o taxímetro irregular poderão ser multados.

Fique atento

Para identificar se o taxímetro está regularizado e foi verificado pelo IPEM/RN, o consumidor deve observar a presença do lacre, que impede o acesso à regulagem do aparelho, e do Selo do Inmetro com a informação “verificado até 2021”. Caso o lacre esteja rompido, o consumidor não deve aceitar a corrida, pois o aparelho pode apresentar medição incorreta. Em alguns casos poderão ser encontrados taxímetros com a etiqueta “verificado até 2020”, pois, a validade da verificação do instrumento pode ainda estar vigente de acordo com o cronograma de vistorias.

O valor da bandeira é determinado pela prefeitura de cada município, mas é importante ficar atento ao horário em que as bandeiras ‘um’ e ‘dois’ podem ser utilizadas, para não pagar mais caro pela corrida.

O consumidor que desconfiar de alguma irregularidade pode realizar denúncia na Ouvidoria do IPEM/RN pelos seguintes contatos: 0800-281-4054, com ligação gratuita; pelo e-mail ouvidoriaipem.rn@gmail.com ou pelo WhatsApp (84) 98147-9433.

Assine nossa Newsletter e receba as principais notícias do Portal N10 em seu Whatsapp totalmente grátis. Clique no ícone do WhatsApp para ser incluído (não se esqueça de salvar nosso número na sua lista de contato!).

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.