Saúde

Mais de 50% dos homens acima dos 70 têm vida sexual ativa, revela pesquisa

4_825
Pesquisa apontou que conflitos com parceiro (a) dificultam mais a vida sexual do que limitações causadas pela idade (Foto: Divulgação)

Idosos com idade entre 70 e 80 anos estão tendo mais relações sexuais do que as pessoas imaginam. Uma pesquisa da Universidade de Manchester, na Inglaterra, desvendou a vida sexual de sete mil pessoas nesta faixa etária e concluiu que 54% dos homens e 31% das mulheres com mais de 70 anos disseram ser sexualmente ativos. Deste total, 30% disseram ter uma frequência de duas transas por mês.

Entre os problemas que as pessoas da terceira idade disseram enfrentar na cama, as mulheres elegeram a dificuldade de ficarem excitadas como o maior obstáculo e, para os homens, é a dificuldade de ereção. Mas, além destes problemas físicos, os voluntários disseram que a saúde e limitações da idade causam menos problema na vida sexual do que o conflito com o parceiro.

“Esperamos que isso mostre ao sistema de saúde que é preciso combater o preconceito e estereótipos do sexo em pessoas de idade avançada. É preciso oferecer a elas informação que atendam a suas experiências e expectativas”, comentou Dr. David Lee, responsável pelo estudo. E completou: “nossa pesquisa mostra ainda que há muita variedade na vida sexual nesta idade e que impor normas juvenis a estas pessoas pode ser muito simplista e até inútil”.

A sexualidade na terceira idade é um assunto que deixou os quartos dos casais e tem ganhado preocupação na saúde pública. Nos Estados Unidos, as doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) tiveram um crescimento considerável nesta faixa etária. Desde 2007, a incidência de sifílis aumentou 25% entre os idosos e os casos de clamídia subiram 32%.

De acordo com o site Huffington Post, uma outra pesquisa feita nos Estados Unidos concluiu também que 25% das pessoas com mais de 85 anos haviam feito sexo nos últimos 12 meses. As informações são do portal Terra.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.