MundoNewsletter

Linha de frente no combate ao coronavírus, médico chora por não poder abraçar filho ao chegar em casa

Um médico saudita chorou ao recusar o abraço de seu filho quando chegou em casa depois de um dia de trabalho. O momento foi gravado em vídeo e transmitido nas redes sociais para conscientizar sobre a realidade dos profissionais de saúde em seu ambiente familiar, enquanto combatem a pandemia de coronavírus.

O médico, identificado como Nasser Ali Al Shahrani, trabalha no King Salman Hospital em Riad e explicou que “todos os colegas devem evitar abordar seus filhos e familiares até que lavem as mãos e tomem as precauções necessárias”.

Além disso, o médico comentou que ele costuma ligar para a esposa antes de ir para casa para impedir que seus filhos o recebam até que ele troque de roupa, esterilize as mãos e tome um banho.

Al Shahrani observou que o objetivo do vídeo era “conscientizar cidadãos e residentes dos perigos do coronavírus e cumprir as ordens e instruções do Ministério da Saúde”, uma vez que é uma infecção altamente contagiosa.

Confira o momento do vídeo:

https://twitter.com/Doranimated/status/1243264320110235649

Quer receber as principais notícias do Portal N10 no seu WhatsApp? Clique aqui e entre no nosso grupo oficial. Para receber no Telegram, clique aqui

Siga o Portal N10 no Google News para acompanhar nossas notícias. Clique na imagem abaixo!

Rafael Nicácio

Co-fundador dos canais Portal N10, Jerimum Geek e do Tudo em Dicas. Já trabalhou na Assecom (Assessoria de Comunicação do Governo do Rio Grande do Norte) e na Ascom (Assessoria de Comunicação da UFRN). E-mail para contato: rafael@oportaln10.com.br

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo

Adblock detectado

Olá pessoal! O acesso ao nosso site é gratuito, porém precisamos da publicidade aqui presente para mantermos o projeto online. Por gentileza, considere desativar o adblock ou adicionar nosso site em sua white-list e recarregue a página.