Linha de frente no combate ao coronavírus, médico chora por não poder abraçar filho ao chegar em casa

Linha de frente no combate ao coronavírus, médico chora por não poder abraçar filho ao chegar em casa

março 31, 2020 0 Por Rafael Nicácio

Um médico saudita chorou ao recusar o abraço de seu filho quando chegou em casa depois de um dia de trabalho. O momento foi gravado em vídeo e transmitido nas redes sociais para conscientizar sobre a realidade dos profissionais de saúde em seu ambiente familiar, enquanto combatem a pandemia de coronavírus.

O médico, identificado como Nasser Ali Al Shahrani, trabalha no King Salman Hospital em Riad e explicou que “todos os colegas devem evitar abordar seus filhos e familiares até que lavem as mãos e tomem as precauções necessárias”.

Além disso, o médico comentou que ele costuma ligar para a esposa antes de ir para casa para impedir que seus filhos o recebam até que ele troque de roupa, esterilize as mãos e tome um banho.

Al Shahrani observou que o objetivo do vídeo era “conscientizar cidadãos e residentes dos perigos do coronavírus e cumprir as ordens e instruções do Ministério da Saúde”, uma vez que é uma infecção altamente contagiosa.

Confira o momento do vídeo: