Negócios

Lendico empresta R$15 milhões de reais a pessoas físicas somente em maio

dinheiro
Fotos Públicas

A Lendico, fintech de crédito pessoal, bateu mais um recorde de empréstimos. No mês de maio a empresa emprestou mais de R$ 15 milhões em crédito para Pessoa Física. O montante é 15% superior ao mês de abril.

Mensalmente a empresa recebe, em média, 160 mil pedidos de empréstimo por meio de seu site. Em maio os principais motivos de pedidos de crédito foram para pagar dívida (27%), novos negócios (15,51%) e investir no negócio já existente (11,54%).

Principais motivos em alta

Ainda que o pagamento de dívidas siga sendo o principal motivo de pedidos de empréstimos online, há outras razões que têm mostrado alta quando o consumidor busca pelo crédito pessoal. Em relação a maio do ano passado, houve uma alta de 143% no número de pedidos de empréstimo para gastos com eletrônicos e eletrodomésticos.

Em segundo lugar entre os motivos de empréstimo que mais cresceram estão os novos negócios. Houve alta de 86% no número de pedidos de crédito pessoal com esta motivação. Férias e Viagens ficaram em terceiro lugar em crescimento, com aumento de 78% no número de pedidos.

lendico empréstimo online

Brasileiro empreendendo mais

Se em maio de 2017 os novos negócios representam apenas 9,27% dos motivos de pedidos de empréstimo pessoal na Lendico, em maio deste ano este o motivo já representa 15,51% dos pedidos. Já o investimento no próprio negócio cresceu de 8,85% para 11,54%.

Queda na busca por crédito para aquisição de veículos

Em maio de 2017, a busca por crédito para aquisição de veículos representava 11,29% dos pedidos. No mesmo mês em 2018, este motivo representou apenas 6,81% dos pedidos feitos no site da Lendico. Em números absolutos, houve uma queda de 33% nos pedidos para a compra de veículos.

Ocupação

Os empregados com carteira assinada são os profissionais que mais buscam empréstimo pessoal online (42,61%). Eles são seguidos pelos autônomos, que foram os responsáveis por 29% dos pedidos em maio deste ano.

Observa-se, contudo, um aumento no número de rentistas, empregados domésticos, donas de casa e empregadores buscando crédito online. A alta foi de 76%, 63%, 58% e 50%, respectivamente.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.