Economia

Juros rotativo de cartão de crédito cai, mas ainda fica acima da média em novembro

Segundo dados divulgados pelo Banco Central nesta sexta-feira (22), no mês de novembro, os juros do cartão de crédito, na forma rotativa, teve uma baixa em relação ao mês de outubro. A taxa ficou de 333,8% e 338% dos meses respectivos. Mesmo com a queda, a porcentagem continua em alta, acima dos 300%. Em 2016, os juros chegaram a quase 500%.

A linha rotativa do cartão de crédito pode ser acionada pelo usuário que não tem condições de efetuar o pagamento total da sua fatura na data do vencimento, e não quer ficar inadimplente. Para fazer a utilização do rotativo, o consumidor pode pagar o valor mínimo, que já vem especificado na fatura do cartão, ou qualquer outro valor acima deste. Sendo que, na fatura do mês seguinte, o restante do valor é financiado juntamente com os juros do valor faltante.

Desde abril, os bancos começaram a proibir que o consumidor fique por mais de 30 dias no rotativo. A regra começou a valer em abril deste ano. Após esse prazo, as operadoras dos cartões precisam oferecer condições mais razoáveis para que o usuário consiga pagar o valor que deve, com juros mais baixos.

A taxa média cobrada no cheque especial ficou em 323,7% em novembro – mesmo patamar do mês anterior.

De acordo com o chefe do Departamento de Estatísticas do Banco Central, Fernando Rocha, a taxa de juros é referente a política monetária. “Temos redução das taxas de juros e dos spreads. Acontece para qualquer período do que você compare – no mês, no trimestre, no acumulado do ano. Isso está de acordo com ciclo da política monetária e melhora perspectivas da retomada do mercado de crédito para o próximo ano”, afirmou.

Rocha ainda explicou que, a Black Friday, do dia 24 de novembro, pode ter impactado o resultado do mercado de crédito no mês passado. “A Black Friday é um dos efeitos que ajudam a explicar. O cartão de crédito é muito usado para compras. […] Novembro tem caráter sazonal nas vendas”, disse.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.