Mundo

Irã ameaça deixar acordo nuclear se EUA continuar com sanções

Foto: Wikimedia Commons

(ANSA) – O presidente do Irã, Hassan Rohani, voltou a atacar o governo dos Estados Unidos nesta terça-feira (15) por conta das sanções econômicas contra o país e disse que pode abandonar o acordo nuclear se a situação persistir.

De acordo com o mandatário, é hora de por fim “às ameaças e sanções” de Washington contra Teerã ou “reativaremos” o nosso programa nuclear “em um hora e em um dia”. Ainda segundo Rohani, o programa atual estaria em um patamar ainda mais avançado do que aquele de 2015, quando o seu governo assinou o pacto com o chamado grupo “5+1”.

No discurso ao Parlamento, o líder destacou que a política de sanções foi o que causou muitos problemas no passado e voltou a acusar Donald Trump de não ser uma pessoa “confiável”.

“Nos últimos meses, o mundo viu que os Estados Unidos, além de romper constantemente seus compromissos no acordo nuclear, têm ignorado outros acordos globais e demostrado aos seus aliados que o governo não é um bom sócio nem um negociador confiável”, atacou Rohani.

Ao tomar posse para seu segundo mandato, no dia 5 de agosto, o representante moderado afirmou que seu governo “jamais violaria” o acordo nuclear firmado com EUA, Grã-Bretanha, França, Rússia Alemanha e China, além da União Europeia, há cerca de dois anos.

No entanto, Rohani destacou que “não permanecerá em silêncio perante as violações feitas pelos EUA”.

Entre outros pontos, o acordo nuclear permite que as sanções econômicas impostas contra o governo iraniano sejam reduzidas ano a ano conforme o pacto é respeitado. No entanto, Trump sempre foi crítico ao acordo, que considerou o “pior do mundo”, e disse que revogaria o documento.

Porém, após uma análise técnica dos termos por sua equipe, Washington precisou admitir que os iranianos estão cumprindo com o que foi assinado e mantiveram o pacto. Mas, como forma de “resposta” aos eleitores, Trump impôs novas sanções contra pessoas ligadas às estatais iranianas – sem que elas tivessem uma relação direta com o programa nuclear.

Todos os outros membros do acordo reprovaram a medida tomada de maneira unilateral pelo governo do republicano.

You Might Also Like

Deixe uma resposta

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.