Inauguração da estátua de Satanás gera protestos em Detroit

Enquanto algumas pessoas manifestavam alegria com um sonoro “Viva Satanás!” quando a estátua foi apresentada, dezenas protestaram durante a cerimônia de abertura da estátua de Satanás em Detroit (EUA).

O Templo Satânico, um grupo religioso americano que luta para a separação de igreja e estado, mantinha em segredo o local e os detalhes da cerimônia até o último momento por ter recebido ameaças de pessoas que diziam que iriam queimar ou explodir o local, informou o portal The Raw Story.

Os manifestantes se reuniram no sábado no centro da cidade, no sítio originalmente planejado para a escultura de Baphomet. “A última coisa que queremos em Detroit é uma festa de boas-vindas ao mal”, disse Dave Bullock, um pastor batista local, citado pela Reuters.

“Eu vim aqui para impedir isto na cidade de Detroit. Não vamos entregar nossa cidade aos satanistas. É um espírito violento que está se infiltrando neste lugar. Mas vamos expulsá-lo”, disse a clériga Corletta Vaughn, da Catedral do Espírito Santo, ao Detroit Free Press.

A concepção e construção da estátua que pesa uma tonelada e meia custou aos seus promotores mais de US$ 100.000. Ela seria instalada perto do Capitólio do estado em Oklahoma City, para contrastar com o monumento dos Dez Mandamentos. No entanto, o Supremo Tribunal de Oklahoma desautorizou a colocação de qualquer representação religiosa.

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido, entre em contato ([email protected]) para solicitar a matéria!